Jay-Z admite que traiu Beyoncé e conta que o casal quase se divorciou

O rapper Jay-Z fez as revelações em entrevista ao jornal The New York Times ao comentar a relação com Beyoncé

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/11/2017 11:57

Reprodução/Internet

 

O rapper americano Jay-Z admitiu, em entrevista ao The New York Times, que traiu Beyoncé, com quem é casado há 9 anos. Ele falou sobre problemas na relação e afirmou que os dois, nos trabalhos mais recentes, usaram a arte como forma de terapia.

 

O cantor disse também que a terapia convencional foi um dos fatores que ajudou a salvar o casamento do fim. 

 

"Cresci muito a partir daquela experiência. Mas acho que o mais importante que aprendi é que está tudo ligado. Todas as emoções estão interligadas e vêm de algum lugar. E só pelo fato de ter consciência disso no dia a dia já dá a você, assim, uma vantagem".

 

Durante a entrevista, ele falou também abertamente sobre seus problemas e dificuldades de se relacionar.

 

"Você tem de sobreviver. Então, você entra em modo de sobrevivência, e, quando você entra em modo de sobrevivência, o que acontece? Você desliga todas as emoções", refletiu.

 

"Então, mesmo com mulheres, você vai se desligar emocionamente, aí você não consegue se conectar. No meu caso, tipo, é profundo. E, daí, todas as coisas acontecem a partir disso: infidelidade...", completou.

  

Quando questionado sobre a decisão de permanecerem juntos mesmo com esses problemas, Jay-Z garantiu que o pior era perceber que tinha feito mal à mulher.

 

"O mais difícil é ver, no rosto da pessoa, a dor que você causou a ela, e aí você tem de lidar consigo mesmo. Então, sabe, a maioria das pessoas não quer fazer isso. Você não quer olhar para dentro de si mesmo", declarou. 

 

A traição nos trabalhos de Jay-Z e Beyoncé 

 

Jay-Z também comentou sobre as citações aos problemas em músicas de Lemonade, disco mais recente de Beyoncé. "Nós estávamos sentados no olho do furacão. (...) Mas o melhor lugar para estar é no meio da dor. E era lá que estávamos. E era desconfortável. E tivemos muitas conversas", lembrou. 

 

Ambos, garante Jay-Z, estavam profundamente orgulhosos dos trabalhos produzidos por eles e isso também contribuiu para a continuidade da relação.

 

"Eu estava realmente orgulhoso da música que ela fez, e ela estava realmente orgulhosa do que eu lancei. E, você sabe, no fim das contas nós realmentes temos um respeito saudável pelo trabalho um do outro. Eu acho que ela é incrível."

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.