Publicidade

Estado de Minas

Produção latino-americana, Edha estreia na Netflix em março

O drama argentino chega à Netflix em 16 de março


postado em 26/01/2018 16:20 / atualizado em 26/01/2018 16:23

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)

 

Produção latino-americana ambientada em uma luxuosa Buenos Aires, Edha será lançada no canal de streaming Netflix em 16 de março. A trama é um thriller dramático protagonizado por Edha, uma famosa designer que se aproxima de Teo, um modelo fora do padrão.

Teo é um imigrante e Edha é uma mãe solteira e bem-sucedida na Argentina. A sintonia entre os dois inspira Edha a criar uma coleção para as passarelas e, durante o processo de criação, alguns segredos são revelados e são eles que dão o tom da série.

 

Como uma história de amor se tornará uma espécie de thriller ainda é um mistério, mas a série de 13 episódios promete agitar o mundo da moda argentina. 

 

Edha é a primeira série original argentina a compor o catálogo da Netflix. Criada por Daniel Burman e com um time no elenco composto por Juana Viale, Andrés Velencoso, Pablo Echarri e Osmar Nuñez.  

 

Confira o teaser de Edha, nova série da Netflix

 

 

Outras estreias

 

O início do ano está bombando na Netflix. Além de Edha, outras produções, inclusive brasileiras, irão estrear no canal, como a série O mecanismo, que é dirigida por José Padilha e estrelada por Selton Mello. A produção narra a história de um policial federal aposentado que investiga um doleiro, interpretado por Enrique Diaz. A série tem direta inspiração na operação Lava-Jato. O mecanismo estreia em 23 de março.

 

Já no âmbito das apostas futuristas e tecnológicas, Altered carbon é a série mais esperada da vez. Em uma sociedade do futuro, as consciências humanas podem migrar em outros corpos garantindo a imortalidade do ser humano. O pontapé da série é quando um homem acorda 250 anos após sua morte em um outro corpo. Altered carbon estreia em 2 de fevereiro de 2018.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade