Publicidade

Estado de Minas

Biel oficializa retorno a música e se diz 'refém da própria profissão'

Cantor revelou que seu novo projeto musical, desenvolvido nos Estados Unidos, está quase pronto e contará com produtor de Lady Gaga


postado em 01/02/2018 13:40

Biel oficializa retorno a música com fotos no Instagram(foto: Instagram/Reprodução)
Biel oficializa retorno a música com fotos no Instagram (foto: Instagram/Reprodução)

 

Biel está nos últimos preparativos para retornar à música. O paulista de 21 anos revelou na quarta-feira (31) que seu novo projeto musical, devenvolvido nos Estados Unidos, está quase pronto. ''Finalizando os últimos ajustes no estúdio'', postou ele, no Twitter. 

 

Segundo o cantor, que saiu do Brasil após um denúncia de assédio, já são quatro músicas prontas para serem lançadas. Entre elas, há uma em que Biel trabalhou com Fernando Garibay, produtor que já realizou trabalhos com Lady Gaga. ''Agora estou a fim de deixar a arte falar por si só'', adiantou. 

 

Por meio de uma série de mensagens publicadas em seu Twitter, Biel afirmou que, quando a polêmica estourou e sofreu forte rejeição no Brasil, estava se sentindo perdido. ''Eu não me sentia mais o mesmo. Sentia que não era só sair trabalhando, não era só fazer o que eu já vinha fazendo. Eu estava cansado daquilo. Cansado de ter que ser o maniquim perfeito, cansado de não poder aplicar minha visão no meu trabalho, cansado de ser refém da minha própria profissão'', escreveu. 

 

Em junho de 2016, quando estava no auge de sua então recém-lançada carreira, por conta do sucesso da música Demorô, o cantor foi acusado de assediar uma jornalista durante uma entrevista. Biel foi condenado pela justiça a pagar R$ 4,4 mil a uma instituição de caridade após ser declarado culpado no processo de injúria. Durante a entrevista, ele a chamou de ''gostosinha'' e disse que ''a quebraria no meio''. 

 

Depois disso, Biel ainda se envolveu em outra polêmica, quando alguns de seus tuítes antigos foram desenterrados e ele foi acusado de racismo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade