Economia
  • (15) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

A partir do dia 31, negociações por reajuste serão feitas pelo Congresso

Rosana Hessel

Vera Batista

Publicação: 27/08/2012 07:06 Atualização:

Plenário da Câmara: emendas precisam indicar as fontes de receita (Carlos Moura/CB/DA Press - 21/3/2012)
Plenário da Câmara: emendas precisam indicar as fontes de receita


A partir de sexta-feira, 31 de agosto, não estará mais nas costas do governo federal o ônus de negociar com os sindicatos os reajustes salariais dos servidores. A bola passará para o Congresso Nacional, que tem uma bancada de peso eleita por diversas categorias do funcionalismo, principalmente entre os integrantes do PT, partido da presidente Dilma Rousseff. Os parlamentares avaliarão a proposta do Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2013 (Ploa 2013), que deverá ser enviada pelo Executivo no último dia deste mês. O texto modificado e aprovado pelos deputados e senadores será encaminhado para a sanção da presidente da República.

O Ministério do Planejamento vem barrando nas negociações pedidos de aumento, sob a alegação de que em tempos de crise o governo não poderá ultrapassar 15,8% divididos em três anos — praticamente a inflação esperada. Algumas categorias têm reivindicação de reajuste que chega a 151%. Se o Congresso decidir ir além do que o governo colocou no Ploa, terá que indicar também a fonte para fazer frente aos novos gastos. Atender todos os pedidos de reajuste do funcionalismo implica desembolso de aproximadamente R$ 90 bilhões, a metade da folha anual hoje.

Tags: celular

Esta matéria tem: (15) comentários

Autor: maques bijos
UAI, O executivo não está dando conta do recado? Talvez seja melhor passar a responsabilidade para o Legislativo. Lá a visão é outra. | Denuncie |

Autor: vagner jose cordeiro
Os sangues azuis, senhor, estudaram por fazer merecer, talvez se o sr tivesse feito o mesmo, quem sabe não estaria entre eles. | Denuncie |

Autor: GUTO MAGMUS
SR ROBERTO E NÃO RIBEIRO, desculpa a troca de nomes. Fiquei surpreso com seu comentário, ao dar PARABÉNS a Dilma, pois ela poderia revolver o problema dos Soldos da F.Armadas. Veja, não se pode nunca NIVELAR POR BAIXO, que tal um Sub da F.Armadas ganhar igual a um da PMDF, não seria MELHOR?? | Denuncie |

Autor: Antonio Silva
Francisco Roberto, não nivele por baixo. Não são os outros que ganham bem, mas sim os Militares que ganham mal. Viu oque acontece com quem não pode fazer greve??? Brasileiro vive falando mal de greve, mas se não pudessem reivindicar, estariam todos ferrados igual aos Militares. | Denuncie |

Autor: Fernando Pereira
Por isso aí! Por aqueles que lançam a bandeira da educação a cada eleição e depois dão uma banana para o trabalhador. Esses caras aí não são confiáveis, vão ficar falando, falando e protelando. | Denuncie |

Autor: francisco roberto
PARABENS PRESIDENTE DILMA, ESTES MARAJAS ESTAVAM MUITO MAL ACOSTUMADOS, COMO PODE UM SUBTENENTE DO EXERCITO COM "35 ANOS" DE SERVIÇO GANHAR R$ 3.800,00 E ESSES SANGUE AZUIS QUE INICIAM GANHANDO MAIS DE 10 MIL REAIS QUERER AINDA AUMENTO ELES TEM É DE TER OS SALARIOS CONGELADOS POR PELO MENOS 10 ANOS | Denuncie |

Autor: ALVES LI
PERDEU PRAIBOY KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!! | Denuncie |

Autor: marco antonio juliano
Torno a pedir QUANTO GASTA A NOSSA PRESIDENTE MENSALMENTE?. Alguem pode falar? nao acredito,,pois seria um efeito em cascata.... | Denuncie |

Autor: Sergio Pinto
E PARA AS FORÇAS ARMADAS, QUE HOJE ESTÃO DEFASADOS 46,7% DOS SALÁRIOS DOS CIVIS EQUIPARADOS, SÓ O TRABALHO DE FAZER OS QUE OS GREVISTAS NÃO ESTÃO FAZENDO. COMO REAJUSTE, SÓ UMA BANANA. | Denuncie |

Autor: helio santos
agora sim, estar no local certo, onde poderá haver debates dos a favor e contra os reajustes, o planejamento fica apenas para cumprir as ordens e lançar os valores nos contra cheques. | Denuncie |

Autor: WASHINGTON LIMA
O que os servidores pedem nada mais é do que a reposição da inflação. Vamos congelar também o salário mínimo e as aposentadorias para ver a opinião de todos. | Denuncie |

Autor: Augusto Ribeiro
O pessoal da iniciativa privada aqui de Brasília esquece que quem compra na mão deles são os servidores públicos. Quebrando os servidores, quebram um monte de lojas na cidade! Pensem nisso! Estudem pra passar num concurso antes de falar bobagens! | Denuncie |

Autor: Alvaro Brito
Querem todos igual aos professores, que ganham mal! Servidor tem que ser muito bem remunerado, principalmente os de estado. Um agente fiscaliza quase 100 milhões é deve receber só 3.000? Acorda pessoal!!!! | Denuncie |

Autor: Hélio bezerra
Tá passando da hora de se fazer uma grande reflexão em torno dessas questões salariais no Ser.Público, a greve, não é um instrumento de luta legal, os Sindicatos, tem que repensar como trabalhador, e não como uma industria de paralisação de trabalho, temos que nos atualizarmos, e rever conceitos. | Denuncie |

Autor: Paulo OLiveira
A fonte pagadora deve ser o imposto sobre as grandes fortunas, permitido pela CF, o corte dos altos vencimentos dos políticos e o corte da sangria causada pela corrupção. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas