Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Programa de Recuperação Fiscal proporciona arrecadação de R$ 20 bilhões Até outubro, o superávit primário (economia para pagar os juros da dívida pública) soma R$ 33,433 bilhões

Agência Brasil

Publicação: 05/12/2013 12:50 Atualização:

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou nesta quinta-feira (5/12) que a adesão dos empresários à reabertura do Programa de Recuperação Fiscal (Refis) da Receita Federal proporcionará receita próxima de R$ 20 bilhões em novembro. "Nós estamos apurando ainda, mas [o valor] deve ficar próximo disso", declarou.

Na semana passada, o secretário Tesouro Nacional, Arno Augustin, havia adiantado que a abertura de parcelamentos especiais e o leilão do Campo de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos, que representará entrada de R$ 15 bilhões em caixa, trariam resultados recorde para o Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) e ajudariam no cumprimento da meta fiscal, de economia de R$ 73 milhões.

Leia mais notícias em Economia

Até outubro, o superávit primário (economia para pagar os juros da dívida pública) soma R$ 33,433 bilhões. Para alcançar a meta ajustada sem a necessidade de mudar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) ou recorrer a manobras contábeis, o governo precisa economizar R$ 39,6 bilhões em novembro e dezembro.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.