Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Banco central de Portugal prevê retorno ao crescimento em 2014 Portugal emergiu de uma recessão de dois anos e meio no segundo trimestre de 2013, mas para o ano como um todo, o Banco de Portugal espera que a economia se contraia em 1,5%

France Presse

Publicação: 10/12/2013 16:06 Atualização:

Portugal deve voltar a crescer no próximo ano, depois de mais de dois anos de recessão, com a recuperação puxada pelas exportações, disse o Banco de Portugal nesta terça-feira (10/12).

O país deve sair, no próximo ano, de um resgate de 78 bilhões de euros pelo Fundo Monetário Internacional e União Europeia concedido em 2011 e começa a se financiar nos mercados, mas, apesar das reformas, ainda tem que reduzir seu déficit e superar o crescimento fraco.

Portugal emergiu de uma recessão de dois anos e meio no segundo trimestre de 2013, mas para o ano como um todo, o Banco de Portugal espera que a economia se contraia em 1,5%.

Leia mais notícias em Economia

No período de crise (2011-2013), a economia do país se contraiu em 6%, de acordo com os cálculos do banco central.

Para 2015, o Banco de Portugal vê uma alta do crescimento de 1,3% devido à alta de suas exportações e a recuperação na demanda doméstica depois de anos em que as famílias reduziram o consumo.

O banco central enfatizou a importância das exportações para a recuperação, mas os dados divulgados nesta terça-feira pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE) mostraram que o crescimento das exportações desacelerou em outubro.

As exportações subiram 4,6% em outubro a 4,21 bilhões de euros depois de ter subido 9,9% em setembro, disse INE.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.