Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Aneel promove leilões de geração e de transmissão de energia Leilão de geração (A-5) será para contratar energia elétrica proveniente de novos empreendimentos de geração de fontes hidráulica, eólica, solar e termelétrica

Agência Brasil

Publicação: 13/12/2013 09:06 Atualização:

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) faz nesta sexta-feira (13/12) leilões de geração e de transmissão de energia. O leilão de geração (A-5) será para contratar energia elétrica proveniente de novos empreendimentos de geração de fontes hidráulica, eólica, solar e termelétrica (a biomassa, a carvão ou gás natural em ciclo combinado), com início de suprimento a partir de maio de 2018.

A licitação está marcada para as 14h e será operada pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), pela internet. O principal empreendimento desse leilão é a Hidrelétrica São Manoel, prevista para ser construída no Rio Teles Pires, em Mato Grosso, e que terá potência de 700 megawatts. O leilão da usina chegou a ser suspenso por uma decisão da Justiça Federal, que foi derrubada ontem (12) pela Advocacia-Geral da União.

Leia mais notícias em Economia

Foram habilitados 687 projetos, dos quais 539 são empreendimentos eólicos, 88 solares fotovoltaicos, sete solares heliotérmicos, 32 pequenas centrais hidroelétricas (PCHs), dois hidrelétricos, 14 termelétricos a biomassa, quatro termelétricos a carvão e um termelétrico a gás natural. O leilão de transmissão, marcado para as 10h na BM&FBovespa, em São Paulo, vai licitar quatro lotes, compostos de 466 quilômetros de linhas de transmissão e de subestações, com um total de 550 megavolt-amperes (MVA) de potência.

Cinco empresas e dois consórcios foram habilitados para participar da disputa. Segundo a Aneel, as novas instalações de transmissão vão demandar investimentos de R$ 359 milhões em seis estados, com geração de 1.377 empregos diretos. O prazo de conclusão das obras será 22 a 36 meses e de 30 anos para os contratos de concessão. Serão licitadas cinco linhas de transmissão e três subestações nos estados de Minas Gerais, Rondônia, do Maranhão, Piauí, Tocantins e Ceará.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.