Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Preços do petróleo fecham em queda em Nova York a 92,33 dólares Os preços do petróleo se orientaram para baixo depois da publicação dos dados de reservas semanais nos Estados Unidos, que superaram as previsões

France Presse

Publicação: 08/01/2014 20:18 Atualização:

Nova York - Os preços dos contratos futuros de petróleo caíram liquidamente na quarta-feira (8/1) em Nova York, afetados pelo relatório das reservas semanais de petróleo nos Estados Unidos e um fortalecimento do dólar.

O barril de "light sweet crude" (WTI) caiu 1,34 dólar, a 92,33 dólares no New York Mercantile Exchange(Nymex).

Em Londres, o barril de Brent do mar do Norte para entrega em fevereiro fechou em 107,15 dólares no Intercontinental Exchange (ICE), em queda de 20 centavos em relação ao fechamento de terça-feira.

Os preços do petróleo se orientaram para baixo depois da publicação dos dados de reservas semanais nos Estados Unidos, que superaram liquidamente as previsões.

Embora as reservas de petróleo tenham perdido 2,7 milhões de barris (mb), a 357,9 mb, na semana encerrada dia 3 de janeiro, depois de perder mais de 30 milhões de barris nas cinco semanas anteriores, os operadores se concentraram no aumento liquidamente maior que o previsto das reservas de gasolina e produtos destilados.

Estas reservas subiram na semana 6,2 mb e 5,8 mb respectivamente.

Os operadores interpretaram esta alta inesperada da oferta de produtos de petróleo como um sinal pouco estimulante para a demanda do primeiro consumidor mundial de petróleo.

Leia mais notícias em Economia


Os analistas também destacaram a alta maior que o antecipado das reservas no terminal de Cushing, Oklahoma (centro-sul dos EUA) que servem de referência para a cotação do WTI.

No dia 3 de janeiro, o Cushing armazenava 40,7 mb, 1,1 mb a mais que na semana anterior.

"Isso permite prever uma alta das reservas totais de petróleo no país desde a próxima semana", alertou Dominick Chirichella, copresidente da Energy Management Institute.

A divulgação das atas da última reunião do Federal Reserve (Fed) norte-americano pouco antes de finalizar a sessão acentuou mais a pressão sobre os preços.

Os dirigentes do banco central se declararam confiantes nas perspectivas da economia norte-americana em sua reunião de dezembro, o que provocou uma leve alta do dólar na quarta-feira.

Contudo, uma alta do dólar torna menos atrativa a compra de petróleo cotado em dólares para os compradores que dispõem de outras divisas.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas