publicidade

Índice de Confiança do Empresário Industrial cai 1,2 ponto em janeiro

O índice de condições atuais, que revela a percepção dos empresários sobre as empresas e a economia, caiu de 46,8 pontos em dezembro para 45 pontos neste mês

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 22/01/2014 12:40

Agência Brasil

Os empresários industriais iniciaram o ano menos otimistas. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), ficou em 53,1 pontos em janeiro. O resultado é 1,2 ponto inferior ao de dezembro e 3,6 pontos inferior ao de janeiro de 2013. O índice varia de zero a 100 e acima de 50 indica empresários confiantes.

Segundo a CNI, a queda na confiança no primeiro mês do ano é resultado da avaliação dos empresários sobre a situação atual da economia e das empresas e as perspectivas para os próximos seis meses.

O índice de condições atuais, que revela a percepção dos empresários sobre as empresas e a economia, caiu de 46,8 pontos em dezembro para 45 pontos neste mês. Para a CNI, o resultado ocorreu devido à inflação persistente, ao aumento das taxas de juros e à maior preocupação com as contas do governo.

Leia mais notícias em Economia

O índice de expectativas para os próximos seis meses recuou de 58 pontos no mês passado para 57,2 pontos em janeiro. Para a CNI, mesmo estando acima da linha divisória de 50 pontos, o indicador revela que os industriais estão menos otimistas com o futuro, quebrando a tradição de renovação de expectativas comum no início de ano.

O Icei de janeiro foi calculado com base em levantamento feito entre 6 e 16 de janeiro com 2.330 empresas no país. Dessas, 865 são pequenas, 895 são médias e 570 são de grande porte.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade