publicidade

Dilma diz que Brasil está aberto a parcerias com investidores externos

A presidente reforçou que o Brasil sempre recebeu bem o investimento externo e que seu governo adotou medidas no sentido de incentivá-lo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/01/2014 14:27 / atualizado em 24/01/2014 14:30

Agência Brasil

Eric Piermont/AFP

A presidenta Dilma Rousseff disse que o Brasil é uma das mais amplas fronteiras de oportunidades de negócios, e que o sucesso do país nos próximos anos está associado a parcerias com investidores internos e externos. Ela discursou, nesta sexta-feira (24/1), no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

Dilma reforçou que o Brasil sempre recebeu bem o investimento externo e que seu governo adotou medidas no sentido de incentivá-lo. “Aspectos da conjuntura recente não devem obscurecer a realidade. O Brasil mais que precisa e mais que quer parceria com investimento privado nacional e externo”, disse.

Leia mais notícias em Economia

Ao tratar de comércio internacional, a presidenta disse que é hora de os países superarem disputas defensivas e reconhecer o papel do comércio na recuperação das economias. “Um novo ciclo de crescimento econômico mundial está em gestação. À medida que a crise vai se dissipando um olhar mais atento sobre os países emergentes ganhará fôlego. Com uma estratégia de longo prazo focada nos investimentos, na educação, e no aumento da produtividade, esperamos sair ainda melhor dessa crise internacional”.

publicidade

Tags:

publicidade