Economia
  • (15) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dilma fala sobre os investimentos brasileiros em Cuba com Fidel Castro Eles também conversaram sobre temas internacionais. A presidente está em visita oficial à ilha

France Presse

Publicação: 28/01/2014 10:36 Atualização:

Havana - O líder cubano Fidel Castro se reuniu na segunda-feira (27/1) com a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, com quem teve um 'diálogo ameno' sobre os investimentos brasileiros na ilha e temas internacionais, informa o jornal oficial Granma. Castro, de 87 anos e afastado do poder desde 2006, "teve ao entardecer de segunda-feira (27) um encontro fraternal com a presidente" brasileira, que está em visita oficial à ilha e assistirá, na terça-feira e quarta-feira, à reunião de cúpula da Celac, completa o jornal.

O ex-presidente cubano Fidel Castro (E) se encontra com a presidente Dilma Rousseff (E) em reunião em Havana  (Alex Castro/Cubadebate/AFP)
O ex-presidente cubano Fidel Castro (E) se encontra com a presidente Dilma Rousseff (E) em reunião em Havana

O Granma publicou uma foto do encontro, na qual uma Dilma sorridente segura o braço do líder cubano, que veste um casaco esportivo. No domingo (26/1), o líder da revolução cubana recebeu a presidente da Argentina, Cristina Kirchner.

Leia mais notícias em Economia

"No frutífero intercâmbio (entre Castro e Rousseff) foram tratados, ainda, outros temas de interesse no âmbito internacional", afirma o Granma. "O encontro foi expressão do afeto e da admiração entre Fidel e Dilma", completa.

Castro também recebeu na segunda-feira (27) à noite a primeira-ministra da Jamaica, Portia Simpson-Miller. A reunião da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) será aberta nesta terça-feira pelo presidente cubano Raúl Castro às 14h (12h de Brasília).

Esta matéria tem: (15) comentários

Autor: Paulo Costa
Num único ano, cerca de 20 mil dissidentes políticos foram presos. Estimativas indicam que cerca de 15 a 17 mil cubanos tenham sido executados. Homossexuais, religiosos, e outros grupos foram mandados para campos de trabalhos forçados, onde foram submetidos a "re-educação"...Ave militares do Brasil!! | Denuncie |

Autor: Paulo Costa
Q carinho de nossa Presidenta c/ um dos maiores assassinos da humanidade! É de chorar de tristeza, mas o q podemos fazer, nossa história, c/ o passar dos anos foi "assassinada" pelos esquerdopatas q têm nessa figura nojenta e asquerosa um ídolo! Acorda povo e juventude, busquem a verdade histórica!!! | Denuncie |

Autor: Francisco costa
Esta na hora do congresso proibir investimentos do BNDES fora do Pais, essa grana aí nunca mais vai ser recuperada, temos o exemplo das refinarias de petroleo na Bolívia. | Denuncie |

Autor: Tarcísio Silva
HORA DA SAUDADE. Recuerdo de las guerrillas! | Denuncie |

Autor: Helio Nunes
Investir dinheiro do BNDS, num país de ditadores, que duvido que terá retorno. Porque então, não investir em infra estrutura no país, com tratamento de água e esgoto, lixões e nos próprios portos, que precisam ser modernizados. | Denuncie |

Autor: Éder Aquino
Enquanto isso nossos portos continuam caros e obsoletos, saúde e segurança um caos nacional e continuamos pagando impostos e juros mais altos do mundo........ Ordem e Progresso !! | Denuncie |

Autor: Ray Ray Muniz
Dilma puxa saco! | Denuncie |

Autor: josé de jesus alencar mafra josé de jesus alencar mafra
Enquanto isso...no Brasil o acesso aos portos é extremamente problemático e caro. | Denuncie |

Autor: josé de jesus alencar mafra josé de jesus alencar mafra
Precisamos urgente alternar o Poder no Brasil. Gastar nosso dinheiro em Cuba é um absurdo! Em país comunista? | Denuncie |

Autor: josé de jesus alencar mafra josé de jesus alencar mafra
O investimento em Cuba é uma falta de respeito com o produtor brasileiro. Não estamos em condições de subvencionar obras alheias em país algum. | Denuncie |

Autor: Americo Dourado
O povo cubano, além do sacrifício insuportável de mais de meio século, ainda tem que aturar a "lambeção" de líderes latinos apagados, ao déspota Fidel. Dilma, com este gesto, aprova as ações desse ditador que tanto sangue derramou de milhares de cubanos mortos inocentemente. Quem te viu, quem te vê! | Denuncie |

Autor: Adriana. Alves
A ditadura socialista pode o que não pode é a ditadura militar. Tudo e repressão ao povo e não condiz em nada com a democracia. O pessoal do PT podia logo assumir o que são de fato. | Denuncie |

Autor: Americo Dourado
Nem o passado recente de militância na esquerda, nem as "traquinagens" do assessor para política internacional Marco A. Garcia podem justificar o encontro de Dilma com Fidel. A presidente para o Brasil é uma figura insossa; Fidel para o mundo e os cubanos é um déspota incompetente e incoerente! | Denuncie |

Autor: Cícero
Como é que alguém que demonstra tanto carinho com um dos maiores assassinos, genocidas, vivos pode apontar a ditadura que tivemos no Brasil como algo que merece represália? Será que a nossa ditadura foi pior que de Cuba? | Denuncie |

Autor: João Pedro
grande Fidel Castro, apesar de não ser mais presidente, continua como grande referência na América Latina. Todos os líderes de governo que vão a Cuba, visitam Fidel. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas