publicidade

Bancos intensificam parcerias para oferecer pagamentos pelo celular

O mercado começou a lançar ações mais concretas para propagar os meios de pagamentos eletrônicos depois da primeira etapa da regulamentação voltada para o setor

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 28/01/2014 18:07 / atualizado em 28/01/2014 18:11

Diego Amorim

A ideia do dinheiro virtual tem intensificado as parcerias entre bancos e operadoras de telefonia no Brasil. O Bradesco (a segunda maior instituição financeira privada do país) e a Claro (a terceira no ranking nacional do setor) iniciaram nesta terça-feira (28/01) a comercialização de um produto pré-pago que permite ao usuário fazer compras em estabelecimentos, além de realizar transferências e recargas, usando apenas o celular, sem a necessidade de ter conta bancária.

Leia mais notícias em Economia


O mercado começou a lançar ações mais concretas para propagar os meios de pagamentos eletrônicos depois que o Banco Central concluiu, no fim do ano passado, a primeira etapa da regulamentação voltada para o segmento. As novas transações virtuais, apostam o governo e a iniciativa privada, permitirão a inclusão financeira de mais de 55 milhões de brasileiros.

Clientes do Bradesco poderão fazer cargas de valores no celular em toda a rede de atendimento do banco, espalhada pelo país. A adesão ao produto é gratuita e, segundo a instituição, o uso da tecnologia não consome os créditos ou a franquia de dados da linha do aparelho.

O projeto piloto começou em outubro de 2013, em três cidades do Rio de Janeiro e em Goiânia. “Estamos bastante satisfeitos com os números preliminares e por esse motivo decidimos antecipar a expansão do serviço para todo o país”, afirmou o diretor do Bradesco, Marcio Parizotto. “Temos pela frente um mercado promissor e que crescerá em escala”, emendou o diretor da Claro, Alexandre Olivari.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade