publicidade

Vendas de automóveis nos EUA afetadas em janeiro pelo inverno rigoroso

A norte-americana Chrysler aumentou suas vendas em 8%. As vendas da Ford caíram 7% em janeiro, a 154.644 veículos. A Toyota perdeu também 7% em suas vendas, com 146.365 automóveis vendidos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 03/02/2014 18:34

France Presse

As baixas temperaturas extremas e as grandes nevascas registradas nos Estados Unidos afetaram as vendas de automóveis em janeiro, embora as vendas da Chrysler continuaram aumentando.

A fabricante de automóveis norte-americana Chrysler, da italiana Fiat, aumentou suas vendas nos Estados Unidos em 8%, a 127.183 veículos, anunciou nesta segunda-feira (3/2).

Trata-se do 46º mês consecutivo de aumento de suas vendas e o melhor mês de janeiro do grupo desde 2008, informou em um comunicado, depois que o site especializado no setor, Edmunds.com, antecipou uma alta de 9%.

As operações foram impulsionadas pelo 4x4 Jeep (+38%) e as pickups RAM (+24%). A marca Fiat também registrou um bom desempenho (+29%).

Leia mais notícias em Economia

As vendas dos veículos marca Chrysler mostraram um aumento mais modesto, de apenas 2%. A marca Dodge registra, por outro lado, uma queda de 19%.

A General Motors prevê que suas vendas ajustadas de variações sazonais cairão a 15,3 milhões de unidades em janeiro, contra 15,6 milhões em dezembro.

As vendas da Ford caíram 7% em janeiro, a 154.644 veículos. A Toyota perdeu também 7% em suas vendas, com 146.365 automóveis vendidos.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade