Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Gastos com compras públicas federais caem 5,78% em 2013, segundo Ministério Maior parte das aquisições de bens foi para produtos para uso médico

Agência Brasil

Publicação: 06/02/2014 20:35 Atualização:

Os gastos com compras públicas federais ficaram em R$ 68,4 bilhões em 2013, 5,78% inferiores aos gastos de R$ 72,6 bilhões registrados em 2012. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (6/2) pelo Ministério do Planejamento. O uso do pregão eletrônico como modalidade de aquisição deu um salto no período. Os gastos com a modalidade foram R$ 41 bilhões, ou 60% do total. Em 2012, a representatividade havia sido 46% do total de compras e, em 2011, 48%.

Leia mais notícias em Economia


Além disso, segundo o Planejamento, a utilização do pregão cresceu 22% levando-se em conta volume financeiro, e 6% levando-se em conta a quantidade de licitações. Enquanto o uso do pregão aumentou, as modalidades dispensa e inexigibilidade de licitação tiveram queda de participação nas aquisições de bens e serviços. Em 2013, responderam por R$ 21,2 bilhões de gastos, ou 31% do total. Em 2012, a proporção foi 34% e em 2011, 37%.

Houve uma divisão equilibrada entre as compras de bens, para as quais foram destinados R$ 35,6 bilhões, ou 52% do total, e de serviços, que responderam por R$ 32,8 bilhões ou 48% dos gastos. De acordo com o Planejamento, a maior parte das aquisições de bens foi para produtos para uso médico, dentário ou veterinário. Os serviços mais adquiridos foram os de engenharia.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

:: Publicidade



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas