Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Toyota anuncia recall de 1,9 milhão de Prius por falha em sistema híbrido A Toyota explicou que a origem do problema estava no software do módulo de controle do inversor

France Presse

Publicação: 12/02/2014 11:04 Atualização:

Tóquio - A montadora japonesa Toyota anunciou nesta quarta-feira (12/2) um recall de 1,9 milhão de Prius em todo o mundo por um problema no sistema híbrido que pode provocar a paralisação do veículo. Os automóveis afetados são os do modelo mais recente da série Prius, fabricados entre 2009 e 2014, um carro que funciona com motores a gasolina e elétrico.

O recall afeta quase um milhão de veículos no Japão, 700 mil nos Estados Unidos e 130 mil na Europa (	Toyota/Divulgação)
O recall afeta quase um milhão de veículos no Japão, 700 mil nos Estados Unidos e 130 mil na Europa


Na pior das hipóteses, segundo um porta-voz da montadora, o automóvel pode parar quando está sendo dirigido. “Consideramos isto um possível problema de segurança, o que explica o recall", afirmou. A Toyota informou que foram registrados 400 casos no Japão e Estados Unidos, mas destacou que nenhuma morte ou acidente com feridos foi provocado pelo problema. Também afirmou que, no pior dos casos, o veículo "para aos poucos, não de repente".

O recall afeta quase um milhão de veículos no Japão, 700 mil nos Estados Unidos e 130 mil na Europa. A Toyota explicou que a origem do problema estava no software do módulo de controle do inversor do sistema híbrido. "Quando é muito exigido, o programa pode fazer o veículo entrar no modo de segurança, limitando a potência disponível para direção. Em alguns casos, o módulo de controle pode ser reinicializado, deixando o sistema híbrido fora de serviço e provocando a parada do veículo", detalhou a montadora.

Leia mais notícias em Economia

A Toyota passou por uma crise importante no fim de 2009 e início de 2010, quando anunciou um recall de emergência de quase nove milhões de carros em todo o mundo, especialmente nos Estados Unidos, por problemas nos pedais de aceleração que poderiam ser bloqueados ou nos freios, que reagiam de maneira tardia.

A empresa agora é muito prudente e anuncia recalls em série quando detecta um problema, mesmo quando este é considerado pequeno.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas