publicidade

ANS decreta portabilidade extraordinária para usuários da Fassincra

O prazo para a portabilidade vai até o dia 14 de abril

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 13/02/2014 18:07

Agência Brasil

Os beneficiários da Fundação Assistencial dos Servidores do Incra (Fassincra) podem a partir de nesta quinta-feira (13/2) escolher um novo plano de saúde sem ter que cumprir carência ou cobertura parcial temporária. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou nesta quinta-feira a portabilidade extraordinária dos 8.792 beneficiários alegando que a operadora corre grave risco de suspender o atendimento.

O prazo para a portabilidade vai até o dia 14 de abril. Caso o beneficiário tenha contratado o plano há pouco tempo e ainda esteja em período de carência, deverá cumprir a carência na nova operadora. Para o novo contrato, o beneficiário deve se dirigir à operadora escolhida com identidade, CPF, comprovante de residência e pelo menos quatro boletos pagos da Fassincra, referentes ao período dos últimos seis meses. No caso de mudança de plano coletivo, faz-se necessária a comprovação do vínculo com empresa.

Leia mais notícias em Economia


De acordo com a ANS, a portabilidade não significa que o usuário irá pagar o mesmo valor da mensalidade da Fassincra no novo plano. Não há valores determinados. O consumidor deve procurar plano com mensalidade compatível com a renda.

No caso de dúvidas, o beneficiário pode entrar em contato com o Incra pelo telefone (61) 3411-7186 ou pelo Disque ANS 0800 701 96.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade