publicidade

Itália cresce 0,1% no 4º trimestre de 2013 após dois anos de recessão

A Itália acaba de passar o período de recessão mais longo desde o fim da II Guerra Mundial, com um PIB em baixa de 4% e uma taxa de desemprego superior a 12%

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 14/02/2014 09:19

France Presse

Roma - A economia italiana cresceu 0,1% no quarto trimestre de 2013, após oito trimestres consecutivos de paralisia, segundo os resultados provisórios do instituto de estatísticas Istat.

Em ritmo anual, o Produto Interior Bruto (PIB) do quarto trimestre recuou 0,8%.

No conjunto de 2013, o PIB caiu 1,9% na comparação com 2012, segundo os dados provisórios corrigidos das variações sazonais.



A pequena recuperação está dentro das expectativas dos economistas e é explicada pelos resultados positivos no setor da agricultura e da indústria.

A Itália acaba de passar o período de recessão mais longo desde o fim da II Guerra Mundial, com um PIB em baixa de 4% e uma taxa de desemprego superior a 12%.

Leia mais notícias em Economia

Os dados foram divulgados após o anúncio da renúncia do primeiro-ministro italiano, Enrico Letta, sob pressão de seu adversário dentro do Partido Democrático (PD), Matteo Renzi, que deve ser o seu sucessor.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade