publicidade

Construção civil faz investimentos para baratear custos de obras

Em entrevista ao Correio, o diretor de Negócios da SH Fomas, Marcelo Milech, explica que as concessões feitas no país vão acelerar ainda mais o uso da tecnologia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/02/2014 15:55 / atualizado em 24/02/2014 16:07

Antonio Temóteo

O setor de construção civil tem investido para acelerar o ritmo de obras, baratear o custo das construções e acabar com o estigma de que não se preocupa com o meio ambiente. Para atingir os três objetivos, as empreiteiras tem investido no uso de formas metálicas para fazer escoramentos e moldar concreto. Com essa tecnologia, o uso de madeira nos canteiros diminuiu significativamente nos últimos anos.

Parte das obras do programa habitacional Minha Casa Minha Vida é feita com formas metálicas para acelerar o ritmo de execução das habitações. No Distrito Federal, as construções de novo corredor exclusivo para ônibus que ligará o Gama e Santa Maria ao Plano Piloto são feitas com esse material. O diretor de Negócios da SH Fomas, Marcelo Milech, explica que as concessões feitas no país vão acelerar ainda mais o uso da tecnologia.

Veja a entrevista com Milech



Milech ressalta que sobretudo na região Centro-Oeste, em que várias rodovias serão modernizadas, o uso de formas será essencial para que o cronograma das obras seja cumprido. “Existe cada vez mais uma demanda por sustentabilidade e acreditamos que ainda há espaço crescer nesse setor”, comentou o executivo.

Leia mais notícias em Economia

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade