Economia
  • (24) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Desaquecimento do setor imobiliário faz profissionais abandonarem carreira Os corretores desistiram da profissão por conta de dívidas

Diego Amorim

Guilherme Araújo

Publicação: 09/03/2014 06:02 Atualização: 08/03/2014 21:06

Maristela da Silva entrou no ramo para aumentar a renda, mas já não se sacrifica para vender apartamentos  (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Maristela da Silva entrou no ramo para aumentar a renda, mas já não se sacrifica para vender apartamentos

O encanto e a euforia deram lugar às dívidas. Durante os tempos áureos do mercado imobiliário no Brasil, entre 2008 e 2011, milhares de brasileiros — incluindo advogados, servidores públicos e jovens recém-formados — decidiram virar corretores, querendo ficar ricos do dia para a noite. Muitos conseguiram. Em cidades onde as vendas e os preços dispararam, como Brasília, o faturamento anual desses profissionais encostou nos R$ 800 mil. Agora, quem não poupou está com a corda no pescoço.

Aflitos com as contas a pagar, corretores e ex-corretores têm recorrido a consultores financeiros para pedir socorro. Nos escritórios, é com saudosismo que eles se lembram do período em que todas as unidades de um empreendimento eram vendidas horas depois do lançamento e, com a renda repentina, podiam comprar carros importados, trocar de casa e viajar para o exterior. “Muitos gastaram tudo e, claro, se endividaram”, conta o diretor executivo da Libratta Finanças Pessoais, Rogério Olegário.

Leia mais notícias em Economia

Quando o mercado ainda estava aquecido, em 2011, o paulista Leandro de Assis, 33 anos, decidiu apostar todas as fichas no setor imobiliário. Mudou-se para Brasília, fez um curso de três meses e virou corretor. Mesmo sendo novato na área, driblou a concorrência e logo vendeu um apartamento milionário. “Embolsei R$ 23 mil de uma só vez”, lembra. Ao perceber que os dígitos da conta bancária não paravam de subir, ele comprou um carro e fez viagens pelo Brasil e para o exterior.

A matéria completa está disponível aqui para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (24) comentários

Autor: zito soares
Realmente aqui em Brasilia, a demanda é muito maior que a procura; os imóveis estão super valorizados e o crescimento desordenado faz com que o nosso poder aquisitivo venha cair. Por esses fatos marcantes o corretor está sofrendo as consequências com a queda do mercado imobiliário. | Denuncie |

Autor: Fábio F.S
O mercado de imóveis estabilizando os bons corretores irão sobreviver. Agora quer ganhar muito, quer ficar rico? Faça como eu, jogue na loteria e tenha fé! | Denuncie |

Autor: Fábio F.S
Pessoal existem bons e maus profissionais em todas as áreas. Não vamos generalizar. Eu não sou corretor, mas conheço uns bons. De qualquer forma a culpa dos valores altos é dos especuladores - corretores, investidores, construtores, governo, comerciantes e até nós mesmos que queremos ganhar. | Denuncie |

Autor: Elisangela Carvalho
A profissão de corretor é de muito sacrifício. Quando um corretor fala que embolsou 25 mil de comissão as pessoas imaginam que ele ganha isso toda semana. Se for de terceiro ele a maioria das vezes já mostrou esse imóvel 10,20 vezes. Isso não dá trabalho?? | Denuncie |

Autor: saul silva
calma corretores, daqui a pouco o governo injeta nosso dinheiro nas construtoras , subsidia os juros , joga a conta nas costas do povo. BRASIL. | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
Tem gente ""exxxxxperta"""" querendo levar vantagem nesta boataria ! ! ! Quem tem imóvel para negociar, cuidado, estão querendo lhe dar o golpe ! ! ! - - - Estão querendo que voc\~e entregue seu patrimônio a preço de banana ! ! ! - - - - É só ver quanto as INCORPORADORAS ESTÃO PEDINDO POR UMA QUIT ! | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
Quanto engano ! ! ! O que vai acontecer é uma seleção naturalmente ! ! ! Quando é que alguém viu imóvel cair de preço ? | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
Todas as profissões que cobram baseadas em percentagens de bens / valor total envolvido estão errados ! - - - AFINAL, O QUE ELES FIZERAM PARA QUE O VALOR ENVOLVIDO FOSSE AQUELE ? ? ? - - - NADA, ABSOLUTAMENTE NADA ! | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
Alguém sabe quantos mil corretores de imóveis existem no DF ? Também, com curso de 3 meses, pela internete, mais taxa no CRECI, todos viram corretores do dia para a noite e aí não tem mercado para todos mesmo ! | Denuncie |

Autor: santos rabelo
QUEM GANHA 10 MIL POR MÊS , TEM QUE COMER, VESTIR, GASTAR COM REMÉDIOS, GASOLINA , EDUCAÇÃO ETC. PARA JUNTAR UM MILHÃO DEPOSITANDO 3 MIL POR MÊS ELE LEVARIA UM TEMPO DE 334 MESES, OU SEJA 28 ANOS. O POVO ABRIU O OLHO E NÃO VAI TRABALHAR MAIS PARA ENRIQUECER CONSTRUTOR E CORRETOR NÃO. VAI CAIR MAIS | Denuncie |

Autor: santos rabelo
UM LOTE DE 300 METROS QUADRADOS NAS CIDADES SATÉLITES ANTES DA EXPLOSÃO IMOBILIÁRIA CUSTAVA 50 MIL HOJE ELES QUEREM SOMENTE NO LOTE 250 MIL. OS APT, LOTES E CASA VÃO CAIR E MUITO DE PREÇO VAI VOLTAR PARA REALIDADE . AFINAL DE CONTAS DINHEIRO NÃO É CAPIM E NEM ÁGUA. | Denuncie |

Autor: Cassio
Triste o país onde uma categoria, ao invés de se valer de um trabalho útil, se orgulhe em ser atravessador e almeje ficar rico "embolsando" o patrimônio dos clientes, como mostra o depoimento acima. Eles encarecem as transações e tiram o máximo de vantagem. Por isso NUNCA usei esses "serviços". | Denuncie |

Autor: Jean Car
Depois que passa não adianta chorar o leite derramado, que burrice não fazer economia, juntar dinheiro, Brasileiro tem mania de grandeza, ganha dinheiro e já quer esbanjar, querer ser o que não é!!! | Denuncie |

Autor: Paula Tejando
A existência dessa profissão é um absurdo típico de países subdes. como o nosso. Nos EUA existe um cadastro único de imóveis e quem for melhor vende. Aqui há reserva de mercados, lobby etc. Ganhar $$ pra intermediar vendas é se aproveitar | Denuncie |

Autor: Anilton Moccio
Já passou da hora desse mercado voltar à realidade, chega de especulação imobiliária. | Denuncie |

Autor: Eliade Arn
Vendem gato por lebre no papel os imóveis são lindo quando entregam, vem cheio de problemas, defeitos, péssimo acabamento, material de 5ª categoria. Isso é o mercado imobiliário de Brasília ainda teria muito mais pra falar da podridão e canalhice que é este meio. Um povo barra pesada mesmo! | Denuncie |

Autor: carlos cruz
A categoria precisa de profissionais comprometido com a classe. | Denuncie |

Autor: carlos cruz
Não se esforça e nem deveria. Esta inapta para o exercício da profissão. É uma aventureira a menos na carreira. | Denuncie |

Autor: Eliade Arn
O ambiente de trabalho é péssimo baixo nível mesmo, as vezes ao nível da baixaria. Homens e mulheres brigando entre si por clientes, escondem agendas telefônicas, ligam para clientes dos outros, enfim. Um bando de gente com mais de 50 que são verdadeiros canalhas disfarçados de corretores e diretores | Denuncie |

Autor: Eliade Arn
A maioria dos corretores é cobra engolindo cobra. Um passando a perna no outro, porque como não tem salário no final do mês fazem de tudo pra "tomar" a venda de outro "colega". Uma baixaria, fofoca, um povo de idade, mas com uma índole má, muitos são verdadeiros estelionatários. | Denuncie |

Autor: Lost Cluster
Esses corretores eram os que mais especulavam no setor imobiliário. Muito compravam apartamentos na planta às dúzias para revender com ágio depois. Como o preço não subiu (até caiu!) estão agora com um mico nas mãos e uma dívida milionária com as construtoras. Tudo virou pó por causa da ganância. | Denuncie |

Autor: José Júnior
A atividade de corretor é a única que está livre do Código de Defesa do Consumidor.Você pode comprar um apartamento e pode receber uma cratera que fica tudo bem.Aí, até eu que fico rico. | Denuncie |

Autor: Klinger Ericeira
%u201CProfissionais%u201D?! São apenas vendedores; que podem muito bem vender cotas de consórcio, planos de saúde ou produtos de beleza (Natura, Jequiti, Avon, Hermes etc.) de porta-em-porta... ou mesmo, podem atender em uma sapataria qualquer. | Denuncie |

Autor: wandy penna
A bolha imobiliaria começa a aparecer | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas