Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Moody's reduz nota da dívida financeira argentina de 'B3' para 'Caa1' Queda das reservas internacionais e uma inconsistente política econômica foram os motivos para a mudança na classificação

France Presse

Publicação: 17/03/2014 19:54 Atualização:

Washington - A agência internacional de classificação financeira Moody's reduziu a nota da dívida soberana da Argentina, nesta segunda-feira, que passou de "B3" para "Caa1", devido à queda das reservas internacionais e a uma inconsistente "política" econômica.

A nova classificação mantém os bônus da Argentina entre os de caráter especulativo, embora considere que o país apresente agora um "risco aumentado de não cumprir suas obrigações de dívida em moeda estrangeira", informou a Moody's em um comunicado.

A Argentina está a apenas duas posições da pior nota existente na escala da Moody's, a "C" , concedida aos países à beira do default.

Leia mais notícias em Economia


A agência declarou que a decisão de degradar a nota dos bônus do governo da Argentina foi adotada por dois fatores.

Primeiro, por "uma significativa queda das reservas oficiais, que baixaram de um teto de US$ 52,7 bilhões em 2011 para US$ 27,5 bilhões, aumentando o risco de que a Argentina não cumpra suas obrigações de dívida em moeda estrangeira", explicou a Moddy's.

Em segundo lugar, por "um entorno de políticas inconsistentes que aumentam a possibilidade de que as reservas oficiais continuem sob pressão este ano e no próximo", acrescentou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas