Economia
  • (6) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Turistas brasileiros fazem economia de Miami crescer o dobro do Brasil Turistas despejam quase R$ 4 bilhões na economia de cidade americana, que deve avançar até 3,5% neste ano,ante expectativa de expansão entre 1,5% e 1,7% do PIB do país. Viajantes já pagam mais de R$ 30 milhões por apartamentos

Thaís Paranhos

Publicação: 30/03/2014 08:00 Atualização:

Miami, Estados Unidos — Enquanto o Brasil se debate para sair do atoleiro e registrar níveis mais elevados de crescimento — a perspectiva é de que o Produto Interno Bruto (PIB) avance entre 1,5% e 1,7% em 2014 —, a economia de Miami caminha a passos largos para consolidar mais um ano de incremento expressivo, de até 3,5%. E, para alegria dos norte-americanos, são os brasileiros que estão deixando de gastar no país de origem para impulsionar o consumo e a produção na cidade encravada no sul da Flórida.



Com o bolso cheio e disposição para consumir, os brasileiros lideram a lista de gastos em Miami. Seja em roupas e em eletrônicos, seja em imóveis, eles não economizam, estimulados por preços muito menores do que os encontrados no Brasil. E, melhor, levando para casa produtos de qualidade. O entusiasmo cresce à medida que a renda se eleva. Há brasileiros gastando mais de R$ 30 milhões por apartamentos de 1,6 mil metros quadrados, nos quais o morador pode chegar à porta de casa de carro. Há elevadores disponíveis para carregar os veículos. Nesses casos, mais do que os preços, o que pesa na decisão de compra dos imóveis é o baixíssimo nível de violência da cidade.

Leia mais notícias de Economia

Nem mesmo a alta do dólar conteve o ímpeto de consumo dos turistas, que, apenas em 2012, despejaram R$ 3,6 bilhões (US$ 1,4 bilhão) em Miami — os números consolidados do ano passado ainda não foram fechados. A paixão dos brasileiros pela cidade norte-americana não vem de agora. Mas foi a partir da crise de 2008, quando a economia norte-americana foi para o buraco e os preços de tudo desabaram, especialmente os de imóveis, que a invasão tupiniquim se intensificou.

Pelas contas do Greater Miami Convention & Visitors Bureau, em 2013, os turistas brasileiros ocuparam o topo do ranking de visitantes. Foram 755 mil pessoas com passaporte verde-amarelo, deixando para trás viajantes do Canadá, da Argentina e da Venezuela. Em relação a 2012, houve incremento de 9,5%. Ante 2011, o salto foi de quase 20%. A média de gastos de cada visitante brasileiro varia, por dia, em torno de US$ 284, cerca de R$ 700.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (6) comentários

Autor: Éder Aquino
Aqui tudo é um absurdo tem mais é que gastar fora mesmo.....!! Tributos/impostos altíssimos e ganância de alguns dá nisso.........Fazer o quê.....!! | Denuncie |

Autor: GILMAR PEREIRA
ganancia dos empresarios ,corrupção, vioelncia ,impostos altos e a verdadeira causa disto ! se não fizerem nada vai piorar. | Denuncie |

Autor: GILMAR PEREIRA
devido a violencia no Brasil o pessoal de altos salarios que etão se aposentando esta comprando imoveis fora do pais para morar lá e fugir da violencia brasuca pena de morte já . | Denuncie |

Autor: gercina lima
como viver em um pais que se diz emergente e tem a taxa mais alta de impostos do mundo, o maior desvio de verbas publicas e os piores serviços em saúde, educação e segurança, aqui tudo se faz para tirar o dinheiro do trabalhador, quando querem mais recorrem as multas, sem falar as bolsas do socialimo | Denuncie |

Autor: filomena rocha
O Brasil poderia recebermuitos turistas se resolvesse a situacao do crime com leis mais duras e trabalho serio da policia, mesmo que tenha que construir mais presidios. E' compensatorio coibir o crime para o pais crescer. | Denuncie |

Autor: Taylor Colt
veja você, uma única cidade com o PIB maior do que um país inteiro. não tem algo de errado? Na verdade o Brasil nunca foi um país, é só um lugar dos infelizes que nasceram aqui de roubar e ser roubado, principalmente pelo governo e políticos. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas