publicidade

Alemanha e França concordam sobre taxa de transações financeiras

O objetivo é implementar pelo menos uma "primeira etapa" antes do fim da atual legislatura europeia, em maio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 07/04/2014 13:14 / atualizado em 07/04/2014 13:18

France Presse

Os ministros das Finanças da Alemanha e da França reiteraram nesta segunda-feira (7/4) o objetivo de implementar pelo menos uma "primeira etapa" de uma taxa sobre as transações financeiras (TTF) antes do fim da atual legislatura europeia, em maio.

"Estamos decididos a dar um primeiro passo sobre a TTF ainda nesta legislatura", disse Wolfgang Schäuble durante uma entrevista coletiva conjunta com o colega francês, Michel Sapin, em Berlim.

Sapin falou da "necessidade" da taxa e defendeu a "implementação de um primeiro pacote de medidas antes das eleições europeias", e depois uma "segunda etapa", como se comprometeram em fevereiro o presidente francês François Hollande e a chanceler alemã Angela Merkel.

Leia mais notícias em Economia

As negociações entre os 11 países da União Europeia - incluindo França, Alemanha, Itália e Espanha - decididos a adotar a TTF estão paralisadas há vários meses e enfrentam um poderoso lobby dos meios financeiros.

Segundo as últimas informações, se as negociações prosperarem a TTF poderia ser aplicada em duas etapas: a princípio apenas para um grupo restrito de investimentos financeiros, incluindo as ações, e depois de maneira mais ampla.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade