Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Balança do agronegócio tem superávit de US$ 6,55 bilhões em março No primeiro trimestre, a balança agropecuária acumula saldo positivo de US$ 15,97 bilhões Os números foram divulgados hoje (8/4) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)

Agência Brasil

Publicação: 08/04/2014 19:39 Atualização:

A balança comercial do agronegócio encerrou março com superávit (exportações maiores que importações) de US$ 6,55 bilhões. O volume resulta de US$ 7,97 bilhões em vendas externas e de US$ 1,42 bilhão em compras do Brasil no exterior. No primeiro trimestre, a balança agropecuária acumula saldo positivo de US$ 15,97 bilhões Os números foram divulgados hoje (8/4) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Apesar do superávit acumulado, houve queda de 1,7% das exportações agropecuárias nos três primeiros meses do ano. As importações também tiveram leve recuo, de 0,5%. Em março, no entanto, os resultados foram melhores do que no primeiro trimestre, com crescimento de 3,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado, e queda mais expressiva das importações, de 7%.

Leia mais notícias em Economia

O carro-chefe das exportações do agronegócio brasileiro novamente foi o complexo soja (óleo, farelo e grão), com vendas externas de US$ 3,62 bilhões, valor 52,6% maior que o registrado em março de 2013. O grão respondeu pela maior parte das vendas. A quantidade embarcada do produto voltou a compensar a redução do preço da commodity (produto básico com cotação internacional), que caiu 7,6% no período, passando de US$ 554 para US$ 512 por tonelada. Segundo dados do Mapa, em março foram embarcadas 7 milhões de toneladas de soja, 65,1% mais que em igual período de 2013.

O segundo setor em geração de receita foi o de carnes, com vendas externas equivalentes a US$ 1,25 bilhão, valor 8,6% superior ao de março do ano passado, apesar da desvalorização de 9,5% nos preços médios do mercado internacional. Foram embarcadas 498 mil toneladas de carne, 1% a mais que no mesmo mês de 2013.

Do lado das importações, o principal produto foi o trigo, com compras no valor de US$ 2,62 bilhões e aumento de 11,9% na comparação com março de 2013. Em segundo lugar ficou a celulose, com gastos de US$ 1,83 bilhão, 3% inferiores aos de março do ano passado. Por fim, as importações de pescados somaram US$ 1,52 bilhão, 23,7% maiores do que em igual período de 2013.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas