publicidade

IBGE reduz em 0,5% previsão de safra de cereais, leguminosas e oleaginosas

Dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de março estimam uma produção de 189,4 milhões de toneladas para 2014

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 10/04/2014 09:49

Agência Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) reduziu em 0,5% a previsão de safra de cereais, leguminosas e oleaginosas para este ano. Os dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de março estimam uma produção de 189,4 milhões de toneladas para este ano, cerca de 900 mil toneladas a menos que a safra de 2014 prevista no levantamento de fevereiro.

Mesmo com a previsão menos otimista, o IBGE espera que a safra de 2014 seja 0,7% maior do que a de 2013, ou seja, 1,2 milhão de toneladas. A área a ser colhida deverá ser 55,6 milhões de hectares, o que representa um acréscimo de 5,3% em relação a 2013.

Segundo o levantamento do IBGE, entre as três principais lavouras, deverá haver acréscimos nas safras de arroz (7,7%) e soja (6,2%) neste ano. Já o milho deverá ter sua produção reduzida em 8,5%.

Leia mais notícias em Economia

São esperados aumentos de produção de 16 dos 26 produtos analisados pelo IBGE, entre eles o algodão herbáceo em caroço (23,5%), o café em grão canephora (13%), feijão primeira safra (56,6%), feijão segunda safra (1,8%), mandioca (6,9%) e trigo em grão (17,3%).

Já entre os produtos que deverão ter queda na produção neste ano estão o café em grão arábica (-8,1%), cevada em grão (-8,4%) e feijão em grão terceira safra (-2,8%) e aveia em grão (-1,3%). Entre as regiões do país, apenas o Nordeste terá aumento na produção (50,2%). No Norte, a produção ficará estável. As demais regiões terão queda: Sudeste (-14,7%), Centro-Oeste (-1,3%) e Sul (-1,1%).

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade