publicidade

Camex decide prorrogar imposto menor para sardinha congelada

O objetivo da medida é evitar o desabastecimento do produto durante o período de interrupção de pesca para reprodução dos peixes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 29/04/2014 20:00

Agência Brasil

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior decidiu prorrogar a redução na alíquota do imposto de importação da sardinha congelada. A redução de 10% para 2%, aprovada em dezembro do ano, e que valeria até esta quarta-feira (30/4), será estendida até 30 de setembro. A desoneração vale para uma cota de 23 mil toneladas do produto.

O objetivo da medida é evitar o desabastecimento do produto durante o período de interrupção de pesca para reprodução dos peixes. A resolução prevendo a redução do imposto foi publicada nesta terça-feira (29/4) no Diário Oficial da União.

Leia mais notícias em Economia

Outra decisão, também publicada nesta terça-feira, reduziu de 12% para 2% o imposto de importação da caprolactama, utilizada na produção de náilon. A medida é válida por 180 dias para uma cota de 16 mil toneladas e também visa suprir desabastecimento do produto.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade