publicidade

China quer tratado de livre comércio na região Ásia-Pacífico

Projeto aparece como um rival do acordo para o Tratado de Livre-Comércio Transpacífico (TPP)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 30/04/2014 10:02

France Presse

Pequim deseja um grande acordo de livre comércio na região Ásia-Pacífico, indicou nesta quarta-feira (30/4) o vice-ministro de Comércio da China, Wang Shouwen.

A China propôs criar um grupo de trabalho para estudar a possibilidade de um "Acordo de Livre-Comércio Ásia-Pacífico" (FTAAP), anunciou Wang Shouwen.

Este projeto aparece como um rival do acordo para o Tratado de Livre-Comércio Transpacífico (TPP), defendido pelos Estados Unidos e que reuniria 12 Estados, entre eles Japão, Chile, México e Peru, todos eles membros da APEC.

Leia mais notícias em Economia

A proposta de Pequim é feita antes de uma reunião na China no próximo mês dos ministros de Comércio dos Estados membros da APEC (Fórum de Cooperação Econômica para a região Ásia-Pacífico).

"O estudo de factibilidade examinará os benefícios econômicos potenciais se os membros da APEC chegarem a um acordo de livre comércio (...) e que uso dar aos acordos existentes", no âmbito de um acordo mais geral em toda a região, detalhou Wang.

"Pensamos que não há contradição alguma entre este FTAAP e os outros acordos de livre comércio que são negociados na região", acrescentou.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade