publicidade

Inflação vai continuar desacelerando nos próximos meses, garante Mantega

O ministro acredita que a desaceleração é uma consequência das medidas tomadas pelo governo nos últimos meses

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 21/05/2014 11:19 / atualizado em 21/05/2014 11:33

Bárbara Nascimento

O ministro Guido Mantega garantiu que a inflação deve continuar desacelerando nos próximos meses, após o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ter divulgado, nesta quarta-feira (21/5), que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) da última quinzena cresceu menos do que em abril. O IPCA-15 caiu de 0,78% no mês passado para 0,58% em maio.

Evaristo Sa/AFP


"A inflação está caindo firmemente e vai continuar caindo nos próximos meses. A alimentação já arrefeceu, vários preços caíram, e estamos no caminho certo", afirmou o ministro. O preço dos alimentos cresceu 0,88% em maio. No mês anterior a alta havia sido de 1,84%.

Leia mais notícias em Economia

Mantega acredita que a desaceleração é uma consequência das medidas tomadas pelo governo nos últimos meses, sobretudo o aumento da taxa básica de juros (Selic), que está em 11%. "O que nós já fizemos está tendo efeito. Nós estamos com uma taxa de juros elevada, queremos aumentar a oferta de alimentos e o etanol já está entrando no mercado, uma safra boa, que também vai reduzir o preço do combustível", argumentou.

publicidade

publicidade