Economia
  • (14) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Servidores federais custam em média R$ 9,5 mil para os cofres públicos Salário médio do funcionalismo federal corresponde a quase cinco vezes o rendimento mensal dos trabalhadores das seis principais regiões metropolitanas do país. Entre as unidades da Federação, São Paulo registra a maior remuneração, e o DF, a menor

Bárbara Nascimento

Publicação: 09/06/2014 06:04 Atualização: 09/06/2014 09:57

Manter um servidor público federal custa, em média, R$ 9.504 por mês ao governo — quase cinco vezes a média salarial dos trabalhadores das seis principais regiões metropolitanas do país, de R$ 1.977. O gasto só não é maior porque, no Executivo Civil, que detém o grosso dos funcionários dos Três Poderes, uma boa parcela recebe rendimentos mais baixos. Com isso, a média mensal do Executivo fica em R$ 8.465, ante R$ 14.721 do Legislativo e R$ 13 .575 do Judiciário, conforme levantamento da Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

Leia mais notícias em Economia

Por unidade da federação, os maiores rendimentos estão em São Paulo — a média dos contracheques é de R$ 8.150 por mês — e os menores, no Distrito Federal, com R$ 4.458. O diretor de comunicação e pesquisa da Enap, Pedro Cavalcante, atribui essa grande diferença ao fato de a capital do país abrigar o segundo maior contingente de servidores, atrás apenas do Rio de Janeiro, e de a maior parte do pessoal estar na base de remuneração da União. “O nível de desenvolvimento econômico de São Paulo demanda servidores especializados, em carreiras típicas de Estado, como, por exemplo, fiscais da Receita Federal e auditores da Comissão de Valores Mobiliários (CVM)”, afirma. “E me arrisco a dizer que os salários são puxados para baixo no DF devido ao Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE), o carreirão”, completa.

No total, os servidores da ativa dos Três Poderes e do Ministério Público da União (MPU) consumiram, em 2013, R$ 129,9 bilhões em salários. Na avaliação do professor Jorge Pinho, especialista em mercado de trabalho da Universidade de Brasília (UnB), trata-se de um custo elevado para os cofres públicos, devido à baixa eficiência na prestação de serviços à sociedade. Ele ressalta que a média salarial do funcionalismo federal é alta e muito distante da realidade dos trabalhadores da iniciativa privada. “A distorção fica maior quando se olha para o Legislativo, pois é um poder que emprega poucas pessoas e custa muito. São apenas três órgãos: Câmara, Senado e Tribunal de Contas da União (TCU)”, diz. No ano passado, os 25,3 mil servidores do Legislativo consumiram R$ 5 bilhões dos impostos pagos pela população.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (14) comentários

Autor: Julio Cesar Reis Junior
Concordo, Douglas. Os cargos comissionados são ineficientes e apenas têm objetivo político. O servidor público "concursado" está em menor número na esfera federal. | Denuncie |

Autor: Rogerio
Apesar da discrepância, o problema não é nem o servidor público ganhar bem, e sim a sua baixíssima produtividade. Absurda a estabilidade funcionar como manto intocável do servidor, esse modelo já se exauriu, mas o corporativismo... | Denuncie |

Autor: Lucia Teixeira
Governo, diminua os impostos que pagamos e nos dêem reajustes decentes! | Denuncie |

Autor: Lucia Teixeira
Diante de tanta roubalheira e desvio de verbas fabulosas, por que os servidores,aposentados e pensionistas não têm o direito de ter reajustes dignos?Antecipação já dos 5% de 2015 seria o mínimo dos mínimos que devem ser concedidos! | Denuncie |

Autor: Douglas Silva
Informe o valor gasto com terceirizados e dos DAS de livre nomeação e exoneração que é onde escoa o dinheiro público e não colocando a culpa em que estudou para ser servidor público. | Denuncie |

Autor: Messias Cassemiro cassemiro
Então. Onde e quando estes senhores têm o direito de se revoltar contra os impostos que oneram a nação? Temos privilegiados que só pensam em greves irresponsáveis, sob a proteção de uma estabilidade absurda. Ela impede aos demais na sociedade de exigir que prestem trabalho a troco do que pactuaram. | Denuncie |

Autor: Anilton Moccio
E ainda propagam por aí que o grande problema no país são os velhinhos aposentados pelo INSS. | Denuncie |

Autor: augusto lima
Não sou f. público. Mas é uma sacanagem esse tipo de pesquisa, e tentar passar isto para a sociedade. Para entrar, tem que estudar, diferente de muitos outros. E o nº quantitativo da pesquisa, eleva e muito o salário atribuído. Não e por ai. Isso é coisa do PT que está querendo quebrar o servidor. | Denuncie |

Autor: Taylor Colt
Mas que puxa esses salários são os que já ganham muito. no DF policiasi e bombeiros ganham 5 vezes mais que um policial do nordeste, Juizes aumentaram seus salario para 40 mil mês, os outros também vão querer. No Brasil do comunismo do PT a igualdade é dos de cima da piramide, o resto nada... | Denuncie |

Autor: EDUARDO SILVA
Diminuam as margens de lucro dos empresários, banqueiros e paguem melhores salários na iniciativa privada, que essa diferença, se é que existe, vai aumentar. | Denuncie |

Autor: EDUARDO SILVA
Não há como comparar o Servidor Público com o funcionário da inciativa privada. Remuneração de servidor tem de ser comparada com outros servidores, similaridade de atribuições etc... Como sempre querem jogar a má distribuição da renda no país em cima do servidor. O custo de vida em BSB é altíssimo!!! | Denuncie |

Autor: Marcus Borges
Por que os governantes independente de partidos continua a discriminar os servidores do executivo? Desde o Collor todos os presidentes fingem não saber que existem servidores no executivo mendigando.Basta ver como devem aos bancos.Não votem em ninguém! | Denuncie |

Autor: Cidadão Kane
Até quando vamos continuar sustentando esse pessoal ganhando acima do mercado?! | Denuncie |

Autor: helio santos
falta a pesquisa para informar a população a quantidade de funcionários sem vinculo algum com o governo, os chamados D.A.S, cargos de confiança, são os salários mais alto no executivo, deveria sim ao invés de ter no serviço publico esse cabide de emprego, deveria melhorar o salário dos servidores. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

:: Publicidade



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas