publicidade

PSI será prorrogado por mais um ano, diz ministro da Fazenda

Prorrogação do Programa de Sustentação do Investimento havia sido pedida pelo Fórum Nacional da Indústria

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 18/06/2014 20:13

Agência Brasil

Criado em 2009, o Programa de Sustentação do Investimento (PSI) será prorrogado até o fim de 2015, anunciou nesta quarta-feira (18/6) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. O programa oferece linha de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a compra e a exportação de bens de capital – máquinas, equipamentos, caminhões e ônibus usados na produção – e investimentos em pesquisa e inovação.

O programa, que opera linhas com juros subsidiados, acabaria em 31 de dezembro. Neste ano, o PSI tem orçamento de R$ 80 bilhões, dos quais R$ 65 bilhões com recursos do BNDES. Para 2015, o valor ainda não está definido, mas, segundo Mantega, deverá ficar próximo ao volume disponível em 2014.

Leia mais notícias em Economia

O PSI ganhará ainda uma modalidade, que financiará a modernização de fábricas. O subprograma oferecerá linhas de crédito para a compra e o leasing (arrendamento) de máquinas e equipamentos novos de fabricação nacional.

Segundo Mantega, a prorrogação do PSI havia sido pedida pelo Fórum Nacional da Indústria, que reúne empresários de 36 setores com a presidenta Dilma Rousseff desde maio. O grupo discute propostas para melhorar a competitividade da indústria brasileira.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade