Economia
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Falta de estratégia faz indústria perder competitividade no mercado mundial A participação da indústria nas exportações brasileiras encolheu nos últimos 20 anos

Rosana Hessel

Publicação: 09/07/2014 06:08 Atualização: 09/07/2014 06:08

Porto de Suape: escoamento de mercadorias nacionais enfrenta logística deficiente de transporte rodoviário (Teresa Maia/DP/D.A Press)
Porto de Suape: escoamento de mercadorias nacionais enfrenta logística deficiente de transporte rodoviário


A fragilidade da economia brasileira está refletida na fraca participação do país no comércio exterior. A indústria nacional patina e não consegue ser competitiva no mercado externo. O país está longe de se tornar uma Venezuela, que importa quase tudo o que consome, mas a falta de uma estratégia consistente por parte do governo e das empresas tem condenado a balança comercial a caminhar para um deficit anual, pela primeira vez desde 2000.

A participação da indústria nas exportações brasileiras encolheu nos últimos 20 anos. Em 1994, os embarques de produtos manufaturados representavam 57,3% das nossas vendas para o resto do mundo. As de semimanufaturados eram 15,8%, e os básicos, 25,4%. No acumulado de janeiro a maio deste ano, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), os básicos têm maior presença: 50,3%. Já os manufaturados detêm 34,8% do bolo, os semis, 12,2%.

A perda da competitividade da indústria nacional se agravou nos últimos anos com o aumento do custo de vida e dos juros. “Para uma economia que tem mais inflação que o resto do mundo, quanto maior o volume de produtos comercializáveis, maior a tendência de convergir para a inflação global. A abertura ajudaria muito na redução da carestia, e, sobretudo, no controle das contas públicas”, explica o economista Pérsio Arida.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui
Tags:

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: sandro silva
Mas, a filosofia para se investir em SUAPE inicialmente não era a de Porto concentrador e distribuidor da carga via cabotagem? Principalmente para a região NE? Se não, pq o Governo Federal colocou tanto dinheiro nesse empreendimento? | Denuncie |

Autor: FABIANA BARTOS
Mas a Copa esta aí, não era isso que era importante! ACORDA BRASIL!!!!!!!! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas