Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Iberia Linhas Aéreas anuncia novo plano de demissão voluntária Os sindicatos e a direção iniciam agora uma negociação com o objetivo de chegar a um acordo

France Presse

Publicação: 11/07/2014 14:32 Atualização: 11/07/2014 14:37

Madri - A Iberia anunciou nesta sexta-feira um processo de demissão coletiva voluntária com o objetivo de reduzir seu quadro de funcionários em até 1.581 trabalhadores.

"Hoje, a Iberia informou a seus empregados e representantes sindicais sobre a sua intenção de iniciar um período de consulta em relação a um processo de demissão coletiva, que representa uma redução de até 1.581 pessoas no quadro de funcionários", informou o consórcio IAG, formado por Iberia e British Airways.

"Todas as demissões terão caráter voluntário", insistiu a porta-voz da companhia aérea espanhola, indicando que o número total de afetados pelo ERE (Expediente de Regulação de Emprego) dependerá dos trabalhadores que decidam participar do programa, que vai incluir principalmente a aposentadoria antecipada e a demissão incentivada.

Leia mais notícias em Economia

Os sindicatos e a direção iniciam agora uma negociação com o objetivo de chegar a um acordo.

A opção deste ERE "foi discutida como parte das negociações dos convênios coletivos com os sindicatos da companhia" em março passado, de acordo com o comunicado da IAG.

Em março e em fevereiro, a Iberia fez acordos com suas associações de pilotos, tripulantes e funcionários em terra para reduzir salários e aumentar a competitividade da empresa. Essas medidas acabaram com meses de conflito trabalhista na companhia.

Antes, em 13 de março de 2013, os sindicatos e a direção já haviam chegado a um acordo para a supressão de 3.100 empregos com o objetivo de reduzir o excedente de pessoal da companhia que em 31 de dezembro de 2013 contava com cerca de 18.000 empregados.

O novo ERE "faz parte do contínuo plano de transformação da Iberia que tem como objetivo introduzir mudanças estruturais permanentes em todas as áreas de negócio da companhia, a fim de que possa crescer de forma rentável no futuro", concluiu o IAG em seu comunicado.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas