publicidade

Zona do euro tem melhora no superavit anual de contas correntes em junho

Balança de rendas somou 4,8 bilhões de euros, mais do que o dobro em relação aos 2,3 bilhões do mês anterior

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 19/08/2014 17:56

France Presse

As contas correntes da zona do euro registraram em junho um superavit de 13,1 bilhões de euros (dados corrigidos), melhorando os resultados de maio, publicados nesta terça-feira (19/8) pelo Banco Central Europeu (BCE).

O superavit das contas correntes, -- saldo do fluxo de bens e serviços e as transferências sem contrapartida --, foi revisado para cima em maio, a 19,8 bilhões de euros, em comparação aos 19,5 bilhões anunciados anteriormente.

Desmembradas, a balança de bens obteve em junho um superavit de 11,6 bilhões de euros (11,7 bilhões em maio) e a de serviços 8,8 bilhões (12,8 bilhões em maio). A balança de rendas somou 4,8 bilhões de euros, mais do que o dobro em relação aos 2,3 bilhões do mês anterior.

Leia mais notícias em Economia

Por outro lado, as transferências registraram um deficit maior, que chegou a 12,2 bilhões de euros em junho, muito acima dos 7 bilhões de maio.

Contudo, os resultados anuais até junho melhoraram consideravelmente. Neste período, a balança de contas correntes da zona do euro em dados revisados registrou superavit de 226,7 bilhões de euros, 2,4% do Produto Interno Bruto (PIB) da região. No ano passado, no mesmo período, o superavit foi de 198,4 bilhões de euros (2,1% do PIB da zona do euro).

Este resultado anual se deve principalmente à melhora do saldo da balança de bens (de 171,1 bilhões de euros, enquanto no ano anterior a soma era de 141,9 bilhões) e de serviços (118,1 bilhões de euros contra 99,6 bilhões no ano anterior).

Isso compensou a queda do excedente da balança de rendas (56 bilhões de euros contra 70,3 bilhões) e o deficit crescente da balança de transferências (113,4 bilhões após um deficit de 118,6 bilhões de euros no ano anterior).

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade