Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Receita líquida de vendas da indústria cresce 9% em 2012, diz IBGE Os gastos com matérias-primas representaram 41,3% dos custos da indústria, enquanto os gastos com pessoal responderam por 14,4%

Agência Brasil

Publicação: 03/09/2014 12:46 Atualização:

O Brasil fechou 2012 com 328,7 mil empreendimentos no segmento industrial – número 5% maior do que o registrado no ano anterior. A receita líquida de vendas da indústria avançou 9% no período e chegou a R$ 2,41 trilhões. Os dados fazem parte da Pesquisa Industrial Anual (PIA) de 2012, divulgados nesta quarta-feira (3/9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“O aumento da receita reflete aumento da produção e das vendas nesse período”, disse o analista do IBGE Denis Oliveira. “Houve aumento nas vendas dos 15 principais produtos da indústria”.

Em 2012, o óleo diesel foi o principal produto da indústria nacional, ao ultrapassar o minério de ferro (que havia liderado as vendas em 2011) e representar 2,9% das vendas. “Houve aumento da demanda interna pelo combustível”, explica Denis.

Leia mais notícias em Economia

Em seguida, aparecem os automóveis, jipes e camionetas para passageiros, que representaram 2,5% das vendas da indústria. O minério de ferro ficou na terceira posição do ranking, ao responder por 2,4% do total das vendas.

O custo e despesa das indústrias ficou em R$ 2,5 trilhões. Os gastos com matérias-primas representaram 41,3% dos custos da indústria, enquanto os gastos com pessoal responderam por 14,4%.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

PUBLICIDADE

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas