Economia
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

OAB pede parecer sobre correção da tabela para isentos do imposto de renda Reajuste prometido pelo governo para o ano que vem, por meio de uma medida provisória, perdeu validade na segunda-feira

Agência Brasil

Publicação: 03/09/2014 17:53 Atualização:

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pediu nesta quarta-feira (3/9) à Procuradoria-geral da República preferência na apresentação do parecer sobre a ação da entidade que trata da correção da tabela para os isentos do pagamento de imposto de renda, segundo a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo.

Leia mais notícias em Economia

Segundo a OAB, o reajuste prometido pelo governo para o ano que vem, por meio de uma medida provisória, perdeu validade na segunda-feira (29). O texto previa reajuste de 4,5% na tabela a partir de janeiro de 2015.

A entidade apresentou ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal. O ministro Luís Roberto Barroso foi sorteado relator do caso. A OAB alega que há defasagem acumulada de 61,24% na tabela, no período de 1996 a 2013, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos.

Não há previsão para que o processo seja julgado.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: jorge almada
A não atualização da tabela da correção do IR pelos índices de inflação nos governos do período 1996 a 2013 . É um assalto aos contribuintes que deveriam ser isenção do IR. Essas medidas governamentais só contribuem para a sonegação do IR. O exemplo de honestidade vem de cima! Acorda Brasil!!! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

PUBLICIDADE

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas