SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Tesouro Direto registra R$ 1,542 bilhão em vendas em agosto

No mês de referência, foram realizadas 151.609 operações de venda no programa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/10/2016 15:09

Agência Estado


As vendas de títulos por meio do programa Tesouro Direto atingiram R$ 1,542 bilhão em agosto, informou nesta quinta-feira (13/10) a Secretaria do Tesouro Nacional. Já os resgates somaram R$ 632,9 milhões, sendo R$ 526,3 milhões referentes a recompras ocorridas no mês e R$ 106,6 milhões relativos aos vencimentos de agosto.

O número total de investidores cadastrados no Tesouro Direto, por sua vez, chegou a 930.196 em agosto, um aumento de 68,4% nos últimos doze meses. Já o número de investidores ativos - aqueles que efetivamente possuem aplicações - ficou em 335.167, um avanço de 78,7% nos últimos doze meses. Apenas em agosto, 44.910 novos investidores ingressaram no programa, segundo o relatório

No mês de referência, foram realizadas 151.609 operações de venda no programa. O valor médio por operação foi de R$ 10 175,96. Mas o Tesouro também tem destacado expressiva participação de pequenos investidores: 73,2% das vendas foram de até R$ 5 mil, maior participação deste grupo na série histórica

Leia mais notícias em Economia


Os títulos mais demandados pelos investidores foram os indexados ao IPCA (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais), cuja participação nas vendas atingiu 59,4%. Já os títulos prefixados (Tesouro Prefixado e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais) corresponderam a 13,4% do total, enquanto os indexados à taxa Selic (Tesouro Selic) responderam por 27,1% das vendas.

Em relação ao prazo de emissão, 17,6% das vendas no Tesouro Direto no mês de agosto foram de títulos com vencimento acima de 10 anos. As vendas de títulos com prazo entre 5 e 10 anos representaram 17,6%, e as com prazo entre 1 e 5 anos, 64,8% do total.

O estoque do Tesouro Direto alcançou o montante de R$ 35,4 bilhões, aumento de 3,7% em relação ao mês anterior (R$ 34,2 bilhões) e de 71,9% sobre agosto de 2015 (R$ 20,6 bilhões). Os títulos remunerados por índices de preços respondem pelo maior volume no estoque, alcançando 62,2%. Na sequência aparecem os títulos indexados à taxa Selic, com participação de 20,6%, e os títulos prefixados, com 17,2%.

Em relação à composição do estoque por prazo, 9,5% dos títulos vencem em até 1 ano. A maior parte, 58,8%, é composta por títulos com vencimento entre 1 e 5 anos. Os títulos com prazo entre 5 e 10 anos, por sua vez, correspondem a 15,4%, e os com vencimento acima de 10 anos, a 16,2%.

Tags: direto tesouro

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade