Com 26 senadores, sessão do plenário para votar reforma trabalhista começa

Pelo regimento, é necessária presença de 41 senadores em plenário para votação de projetos como o da reforma trabalhista

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/07/2017 10:33 / atualizado em 11/07/2017 11:27

A sessão do plenário do Senado foi aberta pouco depois das 11h desta terça-feira (11/7), com a presença de 26 parlamentares. Nesta sessão, a única pauta prevista é a votação da reforma trabalhista. 

A sessão era presidida naquele momento pela senadora Fátima Bezerra (PT-RN) e o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), o primeiro orador, já discursa. Há 11 senadores inscritos como oradores para esta sessão. 

Pelo regimento, é necessária presença de 41 senadores em plenário para votação de projetos como o da reforma trabalhista. Uma vez aberta a votação, o texto precisa do apoio de metade mais um dos presentes para ser aprovado. Em caso de presença de todos os 81 senadores, o governo precisaria de 41 votos para aprovar a matéria.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.