ANTT autoriza aumento de 11% na tarifa de pedágio da BR-050

Com seis praças de cobrança, a rodovia é a principal ligação entre o Distrito Federal e São Paulo. Novos valores entram em vigor nesta sexta-feira (14/7)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/07/2017 18:37 / atualizado em 13/07/2017 18:50

Vai ficar mais caro trafegar pela principal ligação rodoviária entre Brasília e São Paulo. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou o reajuste de 10,92% nas tarifas dos pedágios da rodovia BR-050 a partir desta sexta-feira (14/7).

A concessão da BR-050 GO/MG tem seis praças de cobrança em um trecho de 436,6 quilômetros que começa no entroncamento com a BR-040, em Cristalina (GO), e se estende até a divisa de Minas Gerais com São Paulo, no munícipio de Delta.

A MGO Rodovias, que administra o trecho, teve a sua sexta revisão extraordinária da Tarifa Básica de Pedágio (TBP), que passou a ser de R$ 5,91 para cada 100 quilômetros. Cada praça cobra o valor correspondente à distância entre elas.

Dessa forma, o pedágio da praça Ipameri passa de R$ 6,30 para R$ 7; na praça Campo Alegre Goiás, sobe de R$ 6,80 para R$ 7,60; em Araguari 1, vai de R$ 5,20 a R$ 5,80; em Araguari 2, de R$ 4 para R$ 4,40; na praça Uberaba, de R$ 5,70 para R$ 6,30; e e na praça Delta muda de R$ 4,10 para R$ 4,50.

A revisão extraordinária engloba novas obrigações, não previstas inicialmente no contrato. A MGO fará obras emergenciais de recuperação no pavimento entre o Km 0, na divisa MG/GO) e o km 65,70, na intersecção com o contorno de Uberlândia e entre o km 174 e o km 180 em Uberaba. 

Esses trechos estavam sob responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e foram transferidos para a concessionária em maio deste ano.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.