Advocacia-Geral vai mediar negociações da Oi com todos os seus credores

Grupo de trabalho criado pelo governo e liderado pela ministra da AGU, Grace Mendonça, pretende solucionar impasse das dívidas da operadora

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/10/2017 12:19

Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press
 
A ministra da Advocacia-Geral da União (AGU), Grace Mendonça, lidera as negociações da Oi com seus credores desde o fim da tarde de segunda-feira (9/10), quando o presidente Michel Temer anunciou a criação de um grupo de trabalho para buscar uma solução para operadora, em recuperação judicial por conta de dívidas de R$ 65 bilhões. Nesta terça-feira (10/10), a ministra se reúne com a equipe econômica, no Ministério da Fazenda, para tratar do assunto.
 
O governo demorou a tomar alguma atitude e só decidiu assumir a dianteira depois de o presidente Michel Temer receber membros do conselho de administração da Oi, na semana passada, no Palácio do Planalto. A determinação de colocar a AGU à frente das negociações mostra o quanto a Oi é estratégica para as telecomunicações do país. A empresa é a única presente em quase todos os municípios brasileiros e está em locais onde as demais operadoras não tem interesse econômico de oferecer serviços.
 
O grupo de trabalho, liderado pela AGU, terá que negociar, inclusive, as dívidas da Oi com órgãos públicos, sobretudo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A operadora deve R$ 11 bilhões em multas ao órgão regulador. Mas é uma corrida contra o tempo, já que, nesta quarta-feira, termina o prazo para que a Oi protocole o seu plano de recuperação na Justiça.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.