oferecimento

Sistematicamente tenho caído na malha fina do IR, que alega inconsistência na declaração e aí me pedem os originais dos documentos. Todas as vezes, consegui ressarcimento. Até o momento não recebi a restituição referente ao ano passado. Uma vez estive pessoalmente na Receita e a alegação era de que as pensões alimentícias acima de 30% da renda eram rejeitadas. No meu caso, a averbação de divórcio estipula 40% da minha aposentadoria, mais o pagamento de plano de saúde. O que devo fazer? Procede a informação sobre o percentual?

>>Luiz Jorge Mir

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/04/2017 13:36

Não há limites para a dedução de importâncias pagas ou descontadas a título de pensão alimentícia. A autoridade lançadora pode, entretanto, separar em malha fiscal e solicitar do contribuinte justificativas e outras comprovações. Não há divulgação do valor ou do percentual da malha fiscal. Se você informou a dedução corretamente, não há o que regularizar. Acompanhe o extrato de sua declaração, disponibilizado na internet pela Receita Federal, onde é possível verificar de forma detalhada como seus documentos estão sendo processados.

(resposta dada por um especialista do Conselho Federal de Contabilidade - CFC)
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.