SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

MBA, especialização, mestrado ou doutorado? Conheça as principais diferenças

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/02/2013 15:31

Não é fácil saber que rumo tomar quando o estudante recebe o canudo do diploma de nível superior. Com tantas opções de cursos, muitos recém-formados ficam em dúvida. É melhor emendar o estágio com o trabalho ou investir em uma pós-graduação? Se a opção for a formação continuada, é melhor matricular-se em um MBA, um mestrado ou um doutorado ?
Djallys Dietd, 29 anos, optou pelo mestrado. Há um ano decidiu se aprofundar nos estudos das relações internacionais com foco em história. “Já tinha graduação em RI, meu interesse era por história e aproveitei minha área de conhecimento”, conta. “Optei por esse tipo de pós-graduação porque tenho muita vontade de dar aulas no futuro”, completa.
Segundo dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), só no Centro-Oeste existem 405 cursos de pós-graduação. Ao todo, são 253 mestrados, 123 doutorados e 33 mestrados profissionais.
O professor da faculdade de educação da Universidade de Brasília (UnB) Remi Castioni explica que há diferenças entre eles. “As universidades tradicionalmente têm seus cursos acadêmicos, que são o mestrado e o doutorado. O mestrado produz aluno para pesquisa, para dar conhecimentos básicos ao pesquisador, e o doutorado é o aprofundamento disso. O título exige uma tese, uma reflexão, que tenha algo a contribuir e relevância para a sociedade”, diz.
Castioni também chama atenção para outro tipo de pós, o mestrado profissional. “Eles se inspiram nos MBAs e têm tido grande aceitação e procura, pois fazem uma reflexão aplicada ao mundo real”, afirma. Embora tenham a equiparação de um mestrado, há algumas mudanças, como o enfoque do ensino mais aplicado e o tipo de trabalho final. “Geralmente são restritos a uma demanda específica, como um mestrado em ferrovia para o Ministério dos Transportes”, exemplifica.

Diferenças
Segundo informações do MEC, há dois tipos de pós-graduação. A lato sensu inclui programas de especializações e os cursos designados como Master Business Administration (MBA). Neles, os alunos — que devem ter diploma de nível superior — assistirão a um mínimo de 360 horas e obterão, ao final, um certificado e não um diploma. Esse aprendizado pode ser feito a distância, desde que seja ofertado por instituições de ensino superior que tenham credenciamento para educação a distância.
Já as stricto sensu correspondem aos programas de mestrado e doutorado. Também são abertas apenas aos candidatos com nível superior de graduação. Os cursos devem atender as exigências das instituições de ensino e edital de seleção de alunos, conforme previsto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.
Ao escolher as futuras aulas que irá frequentar, o estudante deve ficar atento quanto à qualidade do ensino oferecido. Os cursos de especialização em nível de pós-graduação lato sensu presenciais (nos quais se incluem os populares Master Business Administration - (MBA) são oferecidos por instituições credenciadas para atuar nesse nível educacional — elas independem de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento e devem atender a Resolução CNE / CES n°1.
Já as instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, só poderão ofertar lato sensu presencial e a distância se tiverem solicitação de credenciamento específico, de acordo com a Resolução nº 5, de 25 de setembro de 2008, que consolida as normas para o credenciamento especial de instituições não educacionais.

publicidade

Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade