SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Cursar um pós-graduação exige uma boa organização financeira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/02/2013 14:26 / atualizado em 27/02/2013 15:50

TIna Coelho/Esp. CB/DA Press


Em muitos setores, para ter salários melhores, somente a graduação não é suficiente. Por isso o fato de muita gente ter corrido para dar continuidade ao aprendizado. Mas essa turbinada no currículo normalmente não sai barata e é preciso se organizar. O Correio fez um levantamento e constatou que há grande variação de preços entre as instituições.

A mensalidade de uma especialização, por exemplo, vai de R$ 226 a R$ 927, sendo o preço total dos cursos desde R$ 2.717 (com duração de um ano) a R$ 16.171 (um ano e meio) %u2014 uma diferença de 83% entre o curso mais barato e o mais caro, entre os locais pesquisados.
Para quem opta por um MBA, a situação é semelhante. O valor total dos cursos varia de R$ 4.400 a R$ 19.800. As mensalidades vão de R$ 275 a R$ 1.280 e a duração é de um ano a 22 meses. Na pós-graduação, esse preço é de R$ 11.050 a R$ 21.900, por períodos de 12 a 18 meses, custando de R$ 613 a R$ 1.216 por mês.

No mestrado, os valores aumentam. Os cursos vão de R$ 33.937 a R$ 54.574 e duram dois anos. As mensalidades ultrapassam R$ 1.000 em todas as instituições consultadas e chegam a até R$ 2.274.

Os que querem fazer um doutorado devem preparar ainda mais o bolso. Esse tipo de estudo custa entre R$ 54.300 e R$ 86.348, por quatro anos. Quem teve que colocar os gastos na balança foi Rosirene Ferreira, 35 anos, que faz MBA em gestão de projetos. Para ela, se você for comparar o preço da graduação com o da pós, a segunda sai mais cara, porque dura menos tempo. "Além disso, ao se formar, a gente não consegue logo empregos com ótimos salários, o que torna um pouco mais difícil pagar por uma boa pós", diz.

Na mesma situação está a colega Tatiane Sousa, 25, formada em relações internacionais que faz o mesmo MBA que Rosirene. A estudante está tentando um desconto maior na mensalidade para poder continuar no curso. "Tenho que levar em conta gastos com transporte e material didático", explica.

* Os preços citados no texto foram pesquisados pelo Correio, tendo como fontes 15 instituições privadas de ensino superior, de diferentes regiões administrativas do DF

publicidade

Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.