Especial oferecido por:

Em debate, Alan Minas comenta primeira projeção do longa "A família Dionti"

Filme levou realismo fantástico e lirismo à tela do Cine Brasília

postado em 17/09/2015 14:09 / atualizado em 17/09/2015 15:17

Vanessa Aquino



O diretor Alan Minas explicou em debate realizado nesta quinta-feira (17/9) como a paixão pelo realismo fantástico o impulsionou a fazer o longa A família Dionti, que abriu a mostra competitiva do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. "Essa paixao pelo realismo fantástico sempre esteve presente nos meus contos. Guimarães Rosa me impressiona e a Poesia Completa de Manoel de Barros está na minha cabeceira, é quase a Bíblia", revela

A partir de um conto ambientado no interior de Minas Gerais, o roteiro nasceu e ganhou movimento e vida nos moldes da sétima arte. A primeira projeção aconteceu na noite de ontem, deixando equipe técnica e elenco emocionados. "Ver todo o tempo de trabalho, toda a família que a gente criou naquela tela gigantesca é indescritível", diz Murilo Quirino, que interpreta o menino Kelton.

 

Assista ao trailer do filme:

 

 

 

Últimas Notícias

* * *