Especial oferecido por:

publicidade

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Atriz Letícia Sabatella lembra "deitaço" durante Festival de Cinema

Ela veio à Brasília para assistir ao filme Para minha amada morta, que tem seu marido, o ator Fernando Alvez Pinto, como protagonista

postado em 18/09/2015 21:38

A primeira vez da atriz Letícia Sabatella no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro foi na plateia. Hoje, ela veio acompanhar o marido, o também ator Fernando Alvez Pinto, que é protagonista de Para a minha amada morta, filme que concorre no terceiro dia da Mostra Competitiva. Apesar de estar do outro lado da tela, ela comemorou a chance de finalmente conhecer a festa do cinema na capital.

 

"Me convidaram uma vez para ser jurada, mas não podia por causa de trabalho. Dessa vez, vim para ficar um dia e voltar." Letícia, inclusive, adiantou que vai trabalhar em um projeto da cineasta brasiliense Adriana Vasconcelos. A atriz iria trabalhar noa estreia de Adriana em longas-metragens, 3x4. "A gente havia conversado na época para fazer o 3x4, mas eu tinha um trabalho na Globo. Fiquei muito triste, mas a Adriana falou : não se preocupa, eu vou escrever outro roteiro para a gente fazer um filme", garantiu.

 

Ela lembrou do apoio que recebeu dos brasilienses em 2014, quando fotos suas deitadas no asfalto depois de um jantar com amigos vazaram. Dias após o vazamento, Letícia participou de um "deitaço" na Asa Norte. "Foi uma performance coletiva sobre a liberdade de expressão e um grande abraço que recebi de muitas pessoas." O ato, inclusive, fez com que ela descobrisse que, na capital, deitar não é suficiente. "Descobri que aqui em Brasília não só se deita. Se deita e rola no gramado." 

Últimas Notícias

publicidade

* * *