Especial oferecido por:

publicidade

Vídeo: "Vaia tem que ser inteligente", diz cineasta Cláudio Assis

Vaiado no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, o diretor reagiu: "Não tenho problema nenhum contra vaia, o que você não pode fazer é não deixar a outra pessoa falar"

postado em 21/09/2015 18:48 / atualizado em 21/09/2015 22:09



A polêmica das vaias para o cineasta Cláudio Assis no penúltimo dia da Mostra Competitiva do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, continua dando o que falar. Em entrevista ao Correio, ele disse que considera a vaia normal, mas que ela "também tem que ser inteligente. A vaia não pode ser vaia por vaiar". O diretor do longa Big Jato, que subiu ao palco do Cine Brasília na noite de sábado (19/9), foi recebido aos gritos de "machista".

As vaias foram uma reação às notícias veiculadas sobre um debate a respeito do filme Que horas ela volta? no início deste mês. O diretor teria interrompido a discussão e chamado Regina Casé de gorda.

"Não tenho problema nenhum com a vaia, o que você não pode fazer é não deixar a outra pessoa falar", contestou Cláudio, ao esclarecer que gostaria de ter apresentado a atriz brasiliense Gabriele Lopes, que havia viajado no dia da estreia para estar presente na sessão.

Últimas Notícias

publicidade

* * *