Gilda Nomacce, de A passagem do cometa, fala sobre a presença feminina

'Tenho muita sorte de trabalhar com mulheres incríveis', afirmou a atriz que integra o curta da última noite da Mostra Competitiva

postado em 23/09/2017 21:01 / atualizado em 23/09/2017 21:18

Correio Braziliense


Atriz conhecida no cenário cinematográfico, Gilda Nomacce está na cidade para a exibição do curta-metragem A passagem do cometa, de Juliana Rojas. O filme será exibido no último dia da Mostra Competitiva do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Antes da exibição no Cine Brasília, a atriz, que também está no longa Como nossos pais (de Laís Bodanzky), conversou com o Correio e falou sobre a presença feminina no cinema nacional. "Tenho muita sorte de trabalhar com mulheres incríveis. A Juliana (Rojas) é uma delas. Essa equipe de A passagem do cometa é praticamente só de mulheres, o que é uma coisa sensacional", define.

A passagem do cometa se passa em um consultório clandestino de abordo e se passa no mesmo dia da passagem do cometa Harley na Terra.

Últimas Notícias

Últimas Notícias Veja Mais

* * *