Verão BSB

publicidade

Conheça os 9 lugares para aplaudir o pôr do sol em Brasília

Com o verão, aproveite para admirar o céu da capital federal em locais abertos e próximos à natureza

postado em 09/02/2017 18:08 / atualizado em 09/02/2017 19:19

Apesar de Brasília não ter praia, dizem por aí que a cidade de Oscar Niemeyer é dona do céu mais bonito do Brasil. Quem já esteve na capital federal, certamente se lembra de algum pôr do sol, que mais parece uma pintura. Feita à mão. Para curtir o verão por aqui, e poder desfrutar dessa vista, o Correio selecionou 9 lugares com entrada gratuita para os adoradores do cair da tarde. Pegue sua canga, junte boas energias e prepare-se para aplaudir o astro rei.

Ermida de Dom Bosco

João Pires/Divulgação
 

Atualmente conhecida como o local onde os skatistas vão treinar, a Ermida tem uma das vistas mais bonitas da cidade para apreciar o pôr do sol. A pequena capela, construída em homenagem ao homem que lhe dá o nome, tem a forma de uma pirâmide, é revestida em mármore branco e possui uma cruz metálica no topo. Foi projetada por Niemeyer e construída sobre uma plataforma de lajes às margens do Lago Paranoá. 

Pontão do Lago Sul

Francisco Rogério/Divulgação
 

Para os brasilienses ou turistas que estiverem visitando a cidade, o Pontão do Lago Sul é um lugar obrigatório no roteiro. O cenário, próximo à Ponte Costa e Silva, é de cartão-postal. O deck e a área verde com os banquinhos à beira lago, são uma ótima pedida para os dias quentes e secos da capital. Além disso, quem se empolgar e quiser estender o dia com um jantar, o local tem uma grande variedade de restaurantes.  

CCBB

Marcos de Oliveira Machado/Divulgação

Com uma das maiores áreas verdes de Brasília, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) é um dos lugares que mais recebe pessoas para curtir os dias ensolarados — seja para um piquenique, para ficar com a família ou para namorar. Além disso, o prédio com projeto paisagístico de Alba Rabelo Cunha tem uma rica programação de exposições, peças de teatro, mostras de cinema, fotografia.

Orla da Ponte JK

Antonio Cunha/CB/D.A Press
 

Motivos? Primeiro porque a ponte Juscelino Kubitschek é um dos cartões-postais de Brasília. Segundo, porque a área tem bons atrativos, além da bela obra de arquiteto Alexandre Chan. Lá, pode-se ver o pôr-do-sol de uma prancha de stand-up paddle ou dentro de um caiaque. 

Calçadão da Asa Norte

Ed Alves/CB/D.A Press
 

No final da Asa Norte, o deck de madeira virou local certo para piqueniques, caminhadas e pescaria – e não só aos fins de semana. Próximo à orla, há uma tenda para alugar pedalinhos, uma boa alternativa para admirar o fim do dia ao lado de uma pessoa especial, explorando o Lago Paranoá. 

Península dos Ministros

Ed Alves/CB/D.A Press
 

O parque ecológico da Península dos Ministros fica a 10 minutos da Esplanada dos Ministérios. O espaço é amplo o suficiente para caminhar, pedalar e praticar esportes radicais, como kitesurf. Definitivamente, o lugar é lindo para se despedir do sol. 

Torre Digital

Breno Fortes/CB/D.A Press
 

A Torre Digital, localizada em um dos pontos mais altos do Distrito Federal, proporciona ao brasiliense uma vista panorâmica de um pôr do sol fantástico. Assinado pelo mestre Oscar Niemeyer, o monumento garante uma vista completa do fim do dia, com uma vista de 360º.


Torre de TV

Ed Alves/CB/D.A Press
 

A vista da Torre de TV para a Esplanada dos Ministérios é famosa. Agora, imagine admirar esse visual na hora certa! Não é necessário visitar o mirante. Aos pés da  Torre já é possível aplaudir e admirar o céu da cidade. 


Praça do Cruzeiro

 Breno Fortes/CB/D.A Press
 

A Praça do Cruzeiro não é apenas palco para a meditação da lua cheia. No pôr do sol, a vista também é imperdível. O terreno plano e alto permite que o espectador veja o sol até desaparecer de vez no horizonte. A Praça conta com uma cruz, um dos pontos fundacionais da cidade e com a presença de food trucks alguns dias da semana, para o público apreciar a vista saboreando um delicioso lanche.