CENSO ESCOLAR

DF tem 460 mil alunos matriculados na rede pública de educação básica

Sistema de ensino conta com apenas sete creches, que têm 1,6 mil crianças matriculadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/09/2013 17:42 / atualizado em 23/09/2013 19:45

Ed Alves/CB/DA Press
O resultado preliminar do Censo Escolar 2013, divulgado Nesta segunda-feira (23/9) no Diário Oficial da União, revela que 459.902 alunos estão matriculados na educação básica da rede pública do Distrito Federal. O levantamento, feito em todas as instituições municipais e estaduais de ensino básico do país, inclui também os alunos matriculados na Educação Especial, que, no DF, representam apenas 3% do total de estudantes. Com 13 Centros e Ensino Especial e mais 654 escolas públicas inclusivas, Brasília oferece ensino público gratuito para 13.565 alunos especiais.

Também é baixo o número de crianças matriculadas em creches - apenas 1.686, menos de 0,5% do total matrículas no Distrito Federal. Atualmente, o DF conta com apenas sete creches, e somente uma delas recebe crianças com idade inferior a três anos. De acordo o Censo Escolar, entre as crianças de 4 e 5 anos a demanda por vagas é de aproximadamente 10 mil.

A Secretaria de Educação do DF (SEDF) informou que até 2014 está prevista a construção de 111 Centros de Educação da Primeira Infância, medida que deverá reduzir as longas filas de espera. A SEDF alega ainda que a oferta de vagas na rede pública para crianças de 0 a 3 anos de idade não é obrigatória pelas leis do país. De acordo com o secretaria, o foco do GDF é universalizar o acesso à pré-escola - dos 4 aos 5 anos -, mas a ampliação das vagas em creches também faz parte dos objetivos do atual governo.

Ensino integral
O Censo mostrou ainda que o número de alunos matriculados no ensino integral é de 23.673, contra mais de 442 mil matrículas em período parcial. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), os gestores das redes municipal, distrital e estadual de educação têm 30 dias para conferir as informações preliminares do Censo. Após esse período, o Inep reabrirá o sistema de coleta de dados para possíveis retificações.

Confira os dados completos do ensino regular e da Educação de Jovens e Adultos (EJA):