SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Brasiliense representará a capital em evento mundial de astronomia

Acapamento reunirá 56 estudantes de diversos países na Itália

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/11/2013 19:31

Sesc/Divulgação
Brasília será representada em um dos maiores eventos de pesquisa em astronomia do mundo. Marcella Fernandes Reginato, 17 anos, estudante do 3º ano do ensino médio, vai participar do acampamento de astronomia promovido pela organização intergovernamental europeia European Southern Observatory (ESO), que ocorre entre 26 e 31 de dezembro na Itália.

O acampamento será uma reunião de 56 alunos de diversas partes do mundo. Além de Marcella, mais um brasileiro representará o país no evento. A brasiliense foi selecionada com um texto, que conta a história da relação dela com a astronomia. Marcella e o professor de física dela, Demetrius Leão, viajarão para Saint-Bathelemy, na Itália, e participarão de palestras, noites de observação nos telescópios, oficinas, além de visitar os Alpes italianos e praticar esportes de inverno.

Marcella tem vontade de ser astrônoma desde criança. “Eu morava num sítio em Campinas que já tinha um nome propício, Cruzeiro do Sul, e toda noite ficava observando aquele lindo céu. Meu irmão sempre me motivou porque ele é apaixonado pelas curiosidades das estrelas”, diz a estudante. Ela vai participar da 3ª etapa do Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (PAS/UnB) e optou pelo curso de física, para depois fazer pós-graduação em astronomia.

O texto que Marcella enviou para a instituição conta a história desde o tempo no sítio e o momento em que, aos 13 anos, a estudante viu um selo do pai com o desenho de uma constelação e afirmou a ele que queria ser astrônoma. Desde então, toda a família começou a apoiá-la e a garota já participou da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA), Olimpíadas de Foguetes, além de projetos internos do Sesc Taguatinga Norte, escola em que estuda e que financiará a viagem dela para a europa.

Foi Demetrius, professor de Marcella, que a avisou sobre a seleção do acampamento. O bacharel em física e mestre em ensino de astronomia desenvolve diversos projetos na escola para que os alunos se interessem pelas duas matérias. “Entrei no Sesc no ano passado e estava em dúvida sobre o que cursar na faculdade. Comecei a participar de iniciativas do Demetrius e já até construí um projétil de foguete que usa vinagre como combustível”, relata a estudante.

Como a UnB não possui curso de astronomia, foi o professor que sugeriu o curso de física e depois uma especialização fora da cidade para realizar o sonho dela. “Marcella tem facilidade com a matéria e é muito esforçada. Estou muito feliz com a conquista dela e acho que vai ser uma experiência interessante”, completa Demetrius.
Tags:

publicidade

publicidade