SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudante do Gama vence concurso de documentários sobre Lei Maria da Penha

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/02/2014 20:40 / atualizado em 14/02/2014 21:19



Divulgação
O estudante brasiliense Yan Carlos de Sousa, 16 anos, venceu o Concurso de Curta Documentário sobre a Lei Maria da Penha, promovido pelo Congresso Nacional com apoio do Banco Mundial, na categoria de melhor vídeo da região Centro-Oeste. O vídeo Poderia ser você, acima, faz uma reflexão sobre violência contra a mulher e incentiva a denúncia dos agressores.

Yan cursa o 3º ano do ensino médio no Centro Educacional Adventista do Gama. Ele conta que foi incentivado a participar do concurso por uma professora. "Ela apresentou o tema e eu fiquei empolgado em fazer o vídeo. Pesquisei sobre violência contra as mulheres e só depois fiz o vídeo para retratar o que eu aprendi. Ainda tive ajuda de alguns amigos."

O resultado foi divulgado nesta sexta-feira (14/2) pela comissão julgadora, integrada por representantes da TV Câmara, TV Senado, Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República, da Secretaria Nacional da Juventude da Presidência da República e da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes). Quando soube do resultado, Yan ficou surpreso. "Eu me inscrevi e realmente não esperava ser o vencedor da região. Mas é recompensador, já que deu muito trabalho para fazer o vídeo. Futuramente, até penso em trabalhar com vídeo, gostei da experiência", conta.

Conscientização
O objetivo do concurso é abrir a discussão sobre violência de gênero nas salas de aula de todo o país. De acordo com o Mapa da Violência 2012, o Brasil é o sétimo país do mundo em número de mulheres assassinadas vítimas de violência doméstica. Estima-se que morra uma mulher a cada 1 hora e meia.

Estudantes matriculados no ensino médio, com idades entre 14 a 18 anos, tiveram até 12 de janeiro para inscrever os vídeos e participar da 2ª edição do Concurso de Curta Documentários sobre a Lei Maria da Penha. Os vídeos, com duração de até 5 minutos, contaram histórias inéditas relacionadas ao tema “Violência contra a mulher, o que você tem a ver com isso? Grave um vídeo. Compartilhe com o mundo!”.

Dos 55 vídeos inscritos na seleção, 35 cumpriram as normas do regulamento e 20 foram desclassificados. Foram considerados válidos 14 trabalhos da região Sul, 11 do Nordeste, 6 do Sudeste, 3 do Centro-Oeste e 1 do Norte.

O concurso é promovido pelas Procuradorias da Mulher da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, pela Bancada Feminina da Câmara e tem apoio do Banco Mundial. Os seis vencedores – por região e pelo júri popular -, ganharão um tablet e uma viagem a Brasília, com o responsável para participar da cerimônia de premiação, em 12 de março, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados. Além disso, os vídeos vencedores serão veiculados pela TV Câmara, pela TV Senado e, internacionalmente, pelo Banco Mundial.
Tags:

publicidade

publicidade