SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

País piora em português e matemática no 5º e no 9º anos na Prova Brasil

Exame avalia escolas públicas municipais, estaduais e federais. O DF também apresentou queda no teste

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/12/2014 18:12 / atualizado em 17/12/2014 11:33

Ana Paula Lisboa

A divulgação dos boletins por escola da Prova Brasil pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) revela um cenário desanimador na educação pública brasileira, já que os alunos de 5º e 9º ano avaliados em 2013 tiveram desempenho inferior aos que fizeram o teste em 2011.

O desempenho do Brasil - incluindo as redes federal, estadual e municipal de educação - foi pior em 2013. A média geral dos alunos do 5º ano em português tinha sido de 190,58 em 2011 e, em 2013, o valor foi de 189,72. Em matemática, a pontuação de 209,63 passou para 205,10. No 9º ano, a média nacional para português era de 243 em 2011 e passou para 237,78 em 2013. Em matemática, a pontuação do 9º ano passou de 250,64 para 242,35.

A Prova Brasil abrange todas as escolas públicas com mais de 20 alunos matriculados. Os colégios recebem testes padronizados de português e matemática, além de questionários contextuais aos estudantes e professores dos anos avaliados, e diretores das unidades escolares. Há ainda um questionário da escola, que é respondido pelo aplicador da avaliação. Só são divulgados os resulados de escolas em que, pelo menos, 50% dos alunos tenham respondido ao teste. Ao todo, 54.836 escolas tiveram proficiências divulgadas nesta edição.

Distrito Federal
A região da capital federal apresentou queda no desempenho tanto de alunos de 5º ano quanto de estudantes de 9º ano em ambas as disciplinas avaliadas. Enquanto em 2011, os anos iniciais do ensino fundamental apresentava notas de 209,7 e 228,7 em português e matemática, respetctivamente, em 2013 o os pontos caíram para 206,1 e 222,96. No 9º ano, a nota de português passou de 254,6 para 242,63; a pontuação de matemática, por sua vez, caiu quase 17 pontos, saindo de 264,7 em 2011 para 247,86 em 2013.

Diferentemente do Distrito Federal, o estado de Goiás teve avanços na Prova Brasil. Em português, o salto do 9º ano foi de pouco mais de 9 pontos. Em matemática, o avanço foi de 7,95 pontos.

A Prova Brasil
Tem como objetivo avaliar a qualidade do ensino ministrado nas escolas das redes públicas, produzindo informações sobre os níveis de aprendizagem em língua portuguesa (leitura) e em matemática. Fornece resultados para cada unidade escolar participante. Os boletins desta edição, disponíveis em sistema on-line, apresentam indicadores contextuais sobre as condições em que ocorre o trabalho da escola. Os dados apresentados servem de subsídio para o diagnóstico, a reflexão e o planejamento do trabalho pedagógico, bem como para a formulação de ações e políticas públicas para a melhoria da qualidade da educação básica.

Saiba mais sobre os resultados nas tabelas:

5º ano

 

Português

Matemática

Escolas federais do Brasil

244,18

257,81

Escolas Estaduais do Brasil

198,22

214,11

Escolas Municipais do Brasil

187,30

202,53

Total Brasil

189,72

205,10

Acre

194,12

206,57

Alagoas

162,53

174,94

Amapá

163,95

175,12

Amazonas

182,18

194,36

Bahia

166,72

180,34

Ceará

188,37

200,06

Distrito Federal

206,61

222,96

Espírito Santo

196,19

212,21

Goiás

200,51

216,08

Maranhão

157,29

165,28

Mato Grosso

187,59

201,88

Mato Grosso do Sul

195,75

211,94

Minas Gerais

208,20

225,97

Pará

163,43

173,48

Paraíba

172,29

186,98

Paraná

207,72

227,91

Pernambuco

171,99

186,26

Piauí

168,02

181,17

Rio de Janeiro

195,74

211,73

Rio Grande do Norte

169,28

181,63

Rio Grande do Sul

200,28

217,02

Rondônia

190,57

208,14

Roraima

178,90

194,95

Santa Catarina

209,14

226,11

São Paulo

204,27

222,85

Sergipe

165,34

181,33

Tocantins

184,24

199,47


9º ano

 

Português

Matemática

Escolas federais do Brasil

298,02

321,45

Escolas Estaduais do Brasil

239,84

244,41

Escolas Municipais do Brasil

234,35

238,85

Total Brasil

237,78

242,35

Acre

240,35

239,07

Alagoas

216,74

221,57

Amapá

223,97

221,99

Amazonas

234,48

232,69

Bahia

224,02

228,26

Ceará

239,03

240,73

Distrito Federal

242,63

247,86

Espírito Santo

243,44

251,94

Goiás

246,98

250,32

Maranhão

217,30

218,01

Mato Grosso

231,32

234,58

Mato Grosso do Sul

248,48

252,27

Minas Gerais

251,55

259,73

Pará

226,73

227,39

Paraíba

223,25

227,18

Paraná

242,99

249,38

Pernambuco

226,28

231,63

Piauí

229,08

233,15

Rio de Janeiro

239,29

244,39

Rio Grande do Norte

228,31

231,98

Rio Grande do Sul

248,43

253,60

Rondônia

238,80

244,68

Roraima

224,48

228,25

Santa Catarina

244,02

250,45

São Paulo

241,52

246,18

Sergipe

225,18

231,18

Tocantins

233,22

239,13



Confira o desempenho de escolas do DF divulgado pelo Inep:

5º ano

 

2013

2013

2011

2011

 

Português

Matemática

Português

Matemática

Escola Classe 16 de Planaltina

207.51

230.54

208.32

237.34

Escola Classe 2 do Paranoá

204.04

225.43

200.98

226.53

CEF Nova Betania

200.43

209.01

189.61

208.4


9º ano

 

2013

2013

2011

2011

 

Português

Matemática

Português

Matemática

Colégio Militar de Brasília

281.49

310.38

295.88

328.63

CEF Nova Betania

242.60

259.59

250.99

268.28

Tags:

publicidade

publicidade